Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 23 de julho de 2009

roubo goiano

Caros palestinos, o jogo de ontem me deixou realmente furioso.

Mesmo sabendo que o Verdão não jogou bem e que talvez a vitória fosse injusta, perder com falha do juiz é algo que me deixa louco.

E tal qual ocorreu quando anularam aquele golaço do Obina na Arena da Baixada, ontem, assim que saiu o gol de pênalti inventado do Goiás, eu tive vontade de quebrar a TV.

Pulei, gritei, xinguei. Mais italiano, impossível.

Admito que não sou muito calmo quando estou assistindo a um jogo. E tampouco após ele, quando durmo mal, inquieto, sem que o lance saísse da minha cabeça.

Eu sou assim. Mas… e você?

Como você reage quando o Verdão é roubado? Consegue ser racional? Ou grita, chora, xinga, tem insônia?

Seja sincero, por San Genaro…

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

E a primeira derrota da era Jorginho e dos últimos dez jogos chegou.

Foi de virada, 2 a 1 para o pequeníssimo Goiás, o alviverde ruim do Brasileirão.

Não estou sendo mal perdedor, é claro que a derrota chegaria uma hora, mas chegar do jeito que chegou é revoltante. Com dois gols irregulares: um em um pênalti que não existiu, outro com o jogador em impedimento.

Isso sem falar no golaço que Diego Souza mais uma vez havia marcado logo no início do 2o tempo…

O JOGO
O jogo, como um todo, foi bem fraco na primeira etapa. Ambas as equipes errando muitos passes, com destaque apenas para as roubadas de Sandro Silva e as carreiras de Pablito Armero. Quando veio o segundo tempo, no entanto, tudo mudou.

Porque logo aos 7′, Diego – o nosso camisa 7 – fez um golaço, de canhota, no ângulo. E o Goiás descia desesperado, deixando espaços atrás. Só que quando o jogo era bem morno – já que Danilo jogava demais lá atrás -, um juizinho safado (prefiro nem falar o nome deste cidadão) inventou pênalti em uma bola legalíssima de Wendel.

E então eles empataram e viraram logo depois, com um jogador em impedimento. Lamentável.

ERRO E ACERTO
Jorginho foi genial em manter Mozart fora até do nosso banco. Para tal, acertou na volta de Sandro Silva ao time titular. Só não entendi, mais uma vez, a opção por Willians: já faz uns bons 15 jogos que o nostro camisa 8 não faz nada.

Eu sou bem mais Ortigoza!

E AGORA?
Agora é se acalmar e descansar pra domingo. Com Maurício Ramos (aliás, nada contra Marcão, mas sempre que joga ele dá um azar…) e Pierre de volta, nossa defesa volta a ser forte e vamos com tudo para o clássico com a gambazada.

Passar por eles é obrigatório na briga pela taça.

Reage, Verdão! Pra cima delas.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »