Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 27 de julho de 2009

Acarajé-trick

obinão

Ontem, Obina fez mais do que três gols.
Ontem, Obina fez mais do que ganhar o clássico.
Ontem, Obina entrou na seleção de artilheiros verdes.

Se tornou o 11º jogador da história do Dérbi a marcar 3 ou mais gols pelo Verdão. Se juntou a alguns craques – como Alex, Evair e César Maluco – e também a alguns fazedores de gols mais caneleiros – como o saudoso Magrão.

Romeu Pelliciari, no Paulista de 1933, fez 4. E o jogo foi 8×0.

Evair, na finalíssima segunda fase do Brasileirão de 1994, fez 3. E foi 4×1.

Mas ontem… ontem foi dia de Obina. 11 vezes Obina. 5 bolas colocadas na rede, mas apenas 3 delas validadas.

Os ingleses dizem que, quando faz 3 gols na mesma partida, o jogador faz um hat-trick. Pois bem, Obina se consagrou com um acarajé-trick. E já está na nossa história.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

 

fotobina

Com adoçante, claro.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxcor_3x0
Obinão fez 3 e pediu música no Fantástico.

Foi em um domingo, quatorze anos atrás, que um atacante desacreditado fez 3 gols e ganhou um clássico que parecia complicadíssimo.

O ano era 1995 e o atacante se chamava Magrão, mas ontem um atacante um pouco mais rechonchudo repetiu a história. Obina marcou três, o Verdão aplicou 3 a 0 pra cima da gambazada e de quebra está na liderança do Brasileirão.

Rebobinaram bem essa fita, hein?

O JOGO
Os 7 primeiros minutos de jogo foram da gentalha. Sempre abusando da velocidade de Dentinho e Jorge Henrique, o Curintia foi pra cima do time de Jorginho. Mas bastou uma descida perigosa do Verde pra tudo mudar.

Cleiton Xavier bateu falta no travessão e, a partir daí, só deu Palestra. Tanto que três minutos depois, Obina fez o que seria seu 1º gol – bem anulado pelo bandeira.

Aos 20, o golpe fatal: Ronaldo recebeu falta normal de Souza, mas seu peso mórbido acabou por causar uma fratura em sua mão. E aí, sem o cover do Bussunda, ficou ainda mais fácil.

Tanto que aos 31′, Pierre cruzou linda bola e Obina mergulhou para fazer o nosso merecido tento. 1 a 0 Verdão!

O segundo tempo, então, foi um chocolate. Antes dos 15′, o zagueiro frentista do timinho, Chicão, fez pênalti em Cleiton: Obina bateu duas vezes e o Palmeiras fazia 2 a 0.

E como era dia de Obina, aos 20 nosso camisa 28 puxou contra ataque, tabelou com ele de novo, Cleiton Xavier, e matou o jogo. Palmeiras/Obina 3×0 Curintia.

Mais poderia ter sido, mas a piedade é uma virtude verde.

QUE VENHA MURICY!
E teria hora melhor pra assumir o Palmeiras, meu filho?

Líder do campeonato e recebendo o lanterna Fluminense em casa, na quarta. Isso aqui é trabalho e nós esperamos que seja tão bem feito quanto foi o de Jorginho Sombrancelha Mágica.

Boa sorte, Muriçoca!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »