Feeds:
Posts
Comentários

Archive for agosto \29\UTC 2009

bambi-sao-paulo

Palestrinos, eu sempre fui sincero em dizer que nostro maior rival mora na Marginal Tietê. Mas pela empáfia adquirida nos últimos anos, estou ávido por matar bambis neste domingo, em plena La Bambineira.

Como? Algumas coisas são básicas…

  • Faltas laterais: evitem fazer faltas próximas à área. Essa é e ainda será a melhor jogada delas, sempre com o Jorge Wagner.
  • Ritmo: enquando Hernanes e JW cadenciam, Dagoberto corre. A receita é grudar Pierre e Edmílson nos meias e deixar Souza e Maurício Ramos atrás do nanico cabeçudo.
  • Pressão: os zagueiros delas têm qualidade, mas não o Benckenbauer. Se pressionar a saída de bola, melhora muito pra gente.
  • Pra cima: afora o Verdão, ninguém tem Diego Souza! E Diego está chapa quente, precisa ir pra cima e irritar as garotinhas do Jd. Leonor.
  • Fator Muricy: podem falar que não, mas faz diferença ter o Muriçoca do nosso lado. E ele sabe muito bem como vencer seu passado rosa.

Pra cima delas, Verdão! Nós é que somos os líderes. Nós é que devemos jogar com inteligência. Nós é que conquistaremos o título.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

vagner_love02_214433251

Você deve se lembrar, palestrino. O ano era 2004, o Verdão estava de volta a elite do Campeonato Brasileiro e o time de Estevam Soares estava voando baixo.

Então, no dia 27 de junho, enfrentamos a bambizada de Cuca no Pacaembu. E além de vencer, nos divertimos com a bicharada vestida toda de amarelo e jogando pipoca nos jogadores do Jardim Leonor.

Em campo foi Palmeiras 2×1, com dois gols de Vagner Love – e Sergio ainda defendeu um pênalti. Infelizmente, após aquele jogo, vendemos o nostro artilheiro camisa 9. E o Verdão decaiu, terminando o campeonato em 4º.

Agora, após cinco anos, Love está de volta as vésperas de outro embate contra as meninas afetadas.

E se vencemos com Sérgio; Baiano, Nen, Leonardo e Lúcio; Marcinho Guerreiro, Côrrea, Magrão e Pedrinho; Muñoz e Love por quê não podemos vencer com São Marcos, Pirre, Diego Souza e Obina?

Pra cima delas, Verdão!
Seja bem-vindo de volta, Love!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

O Love voltou!

vagnerlove

Segundo o portal de notícias GloboEsportes.com, Vagner Love já fechou o seu retorno ao Palmeiras até o final do ano.

Os detalhes da negociação são obscuros e ninguém sabe de nada, mas a única certeza é que Obina fica no Palestra pelo menos até o final do ano por um ano. Ou seja: veio Love e ninguém foi embora.

Espero de coração que o Verdão não tenha feito nenhuma loucura, embora ache que, com Belluzzo, é bem difícil do nostro clube ter feito algo que o prejudicaria.

Seja bem-vindo, Love!

É hora de terminar o que você havia começado em 2004.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

diferenciado

Ou eu estou mentindo?

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

95 anos em 3 jogos

evair1

São 95 anos de história, palestrinos.

O suficiente para ser proclamado o campeão brasileiro do século XX e ter centenas de jogo inesquecíveis. São mais de 15 milhões de torcedores, de todas as idades, que viram e viveram momentos especiais.

Os meus 3 jogos inesquecíveis são inconfundíveis:

  • Palmeiras 4×0 Corinthians (Paulista de 1993)
  • Palmeiras 2×1 Deportivo Cáli (Libertadores 1999)
  • Palmeiras 4×2 Flamengo (Copa do Brasil 1999)

Você pode concordar ou não, mas estes são os três jogos que eu vou lembrar de cada detalhe pra sempre. Óbvio que tevé também título brasileiro pra cima da gambazada, o saudoso pênalti do Chinelinho Carioca, os chapéus de Alex Cabeção, 8 a 0 no Botafogo/SP no paulista de 96… mas estes são meus jogos.

E você, quais são os seus 3 melhores jogos do Palmeiras?

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Quando surge o alviverde imponente
(de verde, branco ou azul, grande és sempre)

No gramado em que a luta o aguarda
(todo jogo é decisão, todo jogo vale taça)

Sabe bem o que vem pela frente
(e seja quem for, será um time temente)

Que a dureza do prelho não tarda
(em casa ou fora, jamais baixamos a guarda)

E o Palmeiras no ardor da partida
(na técnica e na raça, sem bola perdida)

Transformando a lealdade em padrão
(com Dudu, Pierre, Sampaio ou Tonhão)

Sabe sempre levar de vencida
(ainda que a vitória como certa não seja tida)

E mostrar que de fato é campeão
(o maior do século XX, o maior do esporte bretão)

Defesa que ninguém passa
(Oberdan, Marcos, Luís Pereira, Djalma)

Linha, atacante de raça
(Heitor, César Maluco, Evair e Ademir, que graça)

Torcida que canta e vibra
(são 15 milhões torcendo com fibra)

Por nosso alviverde inteiro
(faça chuva ou faça sol, tenha ou não tenha dinheiro)

Que sabe ser brasileiro
(origem italiana com futebol ousado, matreiro)

Ostentando a sua fibra
(sua paixão, suas glórias, sua vida).

Parabéns, Sociedade Esportiva Palmeiras, pelos seus 95 anos.

Aê, Palmeiras minha vida é você!!!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Reforços

palmeiras

Calma, palestrinos, não contratamos ninguém. Mas na atual conjuntura do campeonato, mas vale manter o elenco todo do que sair contratando qual zé mané por aí.

E Maurício Ramos ficou! O Palmeiras desembolsou US$1 milhão por 50% de seu passe e o zagueiro de 23 anos fica no Verdão até 2014. Eu sou contra loucura, mas me parece que este foi um preço justo.

Quanto a Ortigoza, que teve o empréstimo prorrogado até dezembro, a diretoria promete que está tentando arrecadar o dinheiro para a compra. O clube do atleta – Sol da America – certamente irá vendê-lo ao final do ano. É bom o Palmeiras se antecipar.

Cleiton Xavier segue fazendo tratamento e parece que cresceu o otimismo quanto a sua participação no jogo contra a bambizada. No domingo, ele estava quase descartado; hoje, está bem cotado. Vamos torcer!

Daí você me pergunta: “mas e aí, cazzo, cadê os reforços mesmo, pra valer?”. Bom, aí é mais delicado. Vágner Love vai dizer até amanhã se consegue algo no CSKA e Muricoça foi enfático em dizer que só vai contratar jogador que chegue pra ser titular.

O sonho é um atacante e um meia canhoto. Mas, convenhamos, é difícil achar acessíveis no mercado. Prefiro esquecer esse assunto e pensar no clássico.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Older Posts »