Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 28 de setembro de 2009

muriçoca neles

Palestrinos, parece que descobrimos a receita para o título.

Ela pode parecer bastante óbvia, mas acompanhe o raciocíonio com cuidado. Em um campeonato de pontos corridos, a receita é vencer. Simples – e difícil – assim. Você só coloca medo nas outras equipes quando fica na frente.

Não adianta fazer um baita jogo, vencer bem e depois perder ou empatar. Observe o Inter, por exemplo: faz alguns jogos brilhantes (como contra o Atlético/MG), mas tropeça o tempo inteiro (Cruzeiro, Flamengo).

Nostro Verdão está finalmente mostrando constância. Sem jogar um bolão, é verdade, mas está. Veja as declarações dadas por aí. Marcelo Mattos dizendo que seca o Palmeiras, os bambizinhos chorando de arbritragem só quando lhes convêm…

Para incomodar, você tem que se mostrar irritatemente firme. E nós temos feito isso. Porque eu tenho a certeza de que faremos também grandes jogos. Mas quando se joga mal e se ganha, o que há de errado? Qual o problema?

Temos Santos, Avaí e Náutico pela frente. Hora de fazer, no mínimo, 7 pontos. E irritar ainda mais quem tropeça.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxatlpr_2608

Final de semana de campeão, palestrinos.

E não só pela vitória sem tanto brilho, mas objetiva de sábado. Pela segunda vez seguida a rodada foi quase perfeita para nós e agora vem uma seqüência boa para decolar.

2×1 no VENTINHO
Se o resultado não foi tão simples de construir quanto esperávamos, tampouco foi tão complicado quanto pode aparentar o placar. Melhor durante todo o 1º tempo, apesar dos paranaenses finalizarem mais, o Verdão até demorou para fazer 1 a0, em lance de puro oportunismo de Figueroa.

O problema foi que, como de prache, falhamos pelo alto. E numa bola marota desviada no primeiro pau, o Atlético empatou. Eram XX’ do segundo tempo e o Verdão teria que se superar.

E, grazie a Dio, não demorou muito.

Em um escanteio a favor, a bola foi mal batida, mas Danilo foi muito inteligente e a colocou, de carrinho, no canto do goleiro Galatto. 2 a 1, vantagem nostra e bola pra jogar.

Sem Cleiton Xavier, a bola roda menos pelo meio. E por isso ainda foi preciso sofrer alguns sustos. Marcos pegou demais! Mas a vitória veio e mostrou um Palmeiras bem diferente daquele do ano passado: 3 pontos acima de tudo, com um time consciente.

INVESTIMENTO PARA O MELHOR EM CAMPO
Danilo fez um e salvou um em cima da linha. Pela importância direta (e por valer os R$100 mil de multa do empréstimo), foi o melhor em campo. Muito embora Marcos e Souza tenham jogado muito.

TROPEÇOS
Numa verdadeira piscina, o Inter não saiu do zero com o Flamengo. Já no clássico do empate… deu empate! Bâmbis e gambás duelaram e ficaram no 1 a 1. Rodada excelente pro Verdão!

E AGORA?
Agora é Santos fora, Avaí em casa, Náutico fora. Seqüência pra decolar ou não?!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »