Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 3 de novembro de 2009

corinthians_1_x_1_sao_pa_13

Este post é muito mais opinativo do que informativo, Palestrinos.

Na verdade, é apenas a transcrição de uma constatação que eu já havia feito há algum tempo e se tornou realmente insuportável no último domingo: os são paulinos são mesmo ridículos.

Não bastasse a tradição de só apoiar na boa e de jogar a toalha sempre que tropeçam, a bambizada se tornou pró em secar. Já faz 18 rodadas que elas secam desesperadamente o Verdão.

E até aí, convenhamos, tudo bem: nada mais natural. Eu mesmo torcerei para o Grêmio nesta quarta. O problema é quando comemoram gol de um rival como se fosse de sua própria equipe.

Sinceramente… se o SPFW precisasse perder para a gambazada para nos favorecer, eu simplesmente não assistiria o jogo. É sério. Que desse empate, com cinco expulsos pra cada lado, erros de arbitragem e chuva torrencial. É impossível torcer pelo Curintia!

Mas elas são simplesmente ridículas. Vestiram mesmo a camisa, gritaram gol, vibraram com os gambás. Eu vi com meus olhos. Foi constrangedor.

Mas se elas não sabem o limite entre secar e serem patéticas, não sou eu quem vai ensinar, capicce?

Vamos rumo ao Penta!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

cake338

Vamos cantar parabéns, Palestrinos!

Lá se vão 3 anos de freguesia da gambazada. Parabéns pra vocês, fregueses, muitos anos de vida.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxcor_0111

Foi na razza, Palestrinos!

Claro que não foi do jeito que imaginávamos, mas, dentro das circunstâncias da partida, foi um empate para se orgulhar. Muita fibra, muita raça e vontade, com 40 graus na cabeça e 1 a menos por 55 minutos.

Permanecemos líderes e, óbvio, a freguesia continua.

O JOGO
Com um 3-5-2 bem montado, o Palmeiras começou o jogo com total diomínio. Tocava bem a bola, desarmava fácil e chegava com perigo pelas laterais. Duas vezes consecutivas, aliás, Figueroa chegou na diagonal e podia ter chutado em gol, mas preferiu cruzar.

E de tanto chegar sem marcar, pagamos pelo pecado. Maurício errou na linha de impedimento e Marcos fez pênalti em Jorge Cai-Cai Henrique: expulsão e gol do Gordo.

Instantaneamente, Muricy tirou Obina e colocou Bruno. E com o time ainda perdido, Danilo foi obrigado a fazer falta dura em um contra golpe para não sofrermos o segundo gol (por sinal, o amarelo foi justo).

Com Marquinhos no lugar de Marcão (boa, Muriçoca!), voltamos dispostos a empatar na segunda etapa. E o empate veio logo aos 6 minutos: Danilo, de cabeça, aproveitou batida perfeita de Figueroa pra empatar.

Novamente aos 20′, porém, uma linha errada de impedimento culminou no segundo gol dos gambás. Bruno demorou pra cair e de novo o Gordo marcou. A partir daí, ficou difícil. Corinthians tocando a bola, Muricy mexeu novamente bem colocando o Coalhada, mas tínhamos um a menos.

Foi quando Diego conseguiu uma faltinha salvadora, de novo nostro lateral chileno cruzou e Maurício se redimiu da falha no 1º gol empatando de cabeça. Tão acostumado a tomar gols de bola parada, dessa vez nós empatamos com a cabeça e de cabeça.

O MELHOR
Na minha opinião, Figueroa.

O PIOR
Acho até injusto tentar apontar um pior nesta partida. Ninguém foi tão abaixo de ninguém. Mas já que tenho que escolher um, fico com Vágner Love – que novamente ficou abaixo do que se espera.

E AGORA?
Agora faltam 5! Temos Flu fora, Sport em casa, Grêmio fora, Atlético/MG em casa e Botafogo fora. Se dá pra ganhar? É claro que dá! Rumo ao Penta.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »