Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 1 de fevereiro de 2010

Simples explicar a derrota de ontem, Palestrinos.

Diante de um adversário com um homem a menos por quase todo o jogo, faltou tudo para o Palmeiras. Faltou atenção no gol sofrido, faltou cabeça (para perceber que o chuveirinho insistente não iria levar a lugar nenhum), faltou ousadia (coisa que só Diego Souza poderia fazer) e, claro, faltou elenco.

O JOGO
O jogo mal começou e, em 10 minutos, mudou completamente de figura. Primeiro porque tomamos um gol de cabeça de um anão antes dos 5′; depois, porque a enganação Roberto Carlos foi expulso pouco depois. Com este cenário, Muricy mexeu bem ao tirar Gualberto, mas nostro time esbarrou na falta de repertório.

Cleiton Xavier ficou sobrecarregado, Robert foi facilmente marcado e, mesmo com 80% de posse de bola, o Verdão insistiu burramente nos chuveirinhos. Pressionando o tempo todo, nós só tivemos duas chances reais – em chutes de Robert e Danilo -, o que é pouco, muito pouco.

E aí, obviamente, não dava para apostar em Joãozinho, William e Wendel para ganhar o jogo. Faltou Diego, faltou Deyvid e, claro, faltou um Evair ou um Edmundo. O resultado foi injusto, mas a culpa foi toda da incompetência do Palmeiras.

O MELHOR
Por ser o incansável de sempre e até atacar, Pierre.

O PIOR
Difícil apontar um pior em campo neste jogo. Fica entre Armero e Edinho (pela falha no gol).

O CASO DE ARMERO
Não sei como as coisas estão internamente, mas parece que o clima entre Armero e Muricy anda bem ruim. É fato que o jogador vem errando muito e, depois da substituição de ontem, acredito até que ele possa sair do time. Ou por opção da diretoria ou por vontade dele mesmo.

Querendo ou não, Armero é jogador de seleção e não sei se vai se sujeitar a essa situação. Por outro lado, Muricy já percebeu que ele é fraco demais e não está ajudando.

Pessoalmente, não vejo nada de errado em Muricy ter o substituído. Só que o técnico errou ao entrar com ele – Wendel deveria ter sido escalado desde o início.

DEYVID
Pode até se falar que Sacconi não é um craque – e realmente não é -, mas faz falta. A negociação dele melou, mas o fato de não ter jogado ontem pesou demais pro esquema do time. Que volte e jogue com a cabeça no Palmeiras.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »