Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \18\UTC 2010

Obviamente que é inadmissível, Palestrinos.

Perder para o São Caetano, em casa e por goleada, não dá. É um resultado preocupante, um jogo preocupante e algo que não esperamos ver novamente tão cedo. Mas, daí a dizer que é o fim do mundo, que Muricy precisa sair agora e que vamos cair no Brasileiro é forçado demais.

O que vimos ontem, em campo, é apenas o reflexo de um elenco que ainda está com carências. O problema do ataque, por exemplo, parece uma novela. As laterais ainda estão fracas. E, claro, faltou muita organização no meio-campo.

Mesmo com 3 volantes, a proteção foi absolutamente nula. Claro que aí entra a parcela de culpa de Muricy Ramalho. Contudo, volto a dizer, não acho que ele seja o grande culpado por tudo. Colocar a culpa no treinador quando se toma dois gols de Eduardo e um golaço de Luciano Mandi é até sacanagem.

Muricy é culpado. Cipullo é culpado. Belluzzo é culpado. Os jogadores também o são (pra variar, salvaram-se São Marcos, Pierre e Diego Souza). Mas é hora de acertar a casa. Domingo tem clássico com a bambizada e começar o apocalipse agora seria uma burrice sem tamanho.

Espero que todos entendam a situação. E que fique bem claro: é início de temporada, porém o Carnaval acabou. Vamos esperar o que acontece no domingo – e, dependendo do desempenho da equipe – vamos começar a cobrar com forzza.

Sempre… Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Foi pouco, Palestrinos, foi bem pouco.

Mas, sem querer ser fatalista e levando em conta a seqüência maçante de jogos no início da temporada, o gol de Diego Souza foi um alento em noite de futebol fraco. O Flamengo piauiense é terrível, o Palmeiras me aparentou estar cansado e o resultado acabou sendo justo.

O JOGO
Começo de Copa do Brasil é assim: times pequenos jogando a vida em uma partida. E o Flamenguinho correu demais os 90 minutos – além de contar com um goleiro em noite de gala. A isso some-se uma noite infeliz de Deyvid Sacconi, mais um dia apagado dos laterais e, claro, um Robert nulo e você entenderá perfeitamente o placar do jogo.

O gol, aliás, foi uma das poucas jogadas bonitas do jogo. Linda tabela entre Edinho e CX10, grande passe pra Dieguito e, após um drible frustrado, um chute mascado no canto. Tirando este, teve lindo passe do nostro camisa 7 pra Sacconi no primeiro tempo e duas grandes cabeçada de Danilo no final do jogo.

Aliás, Muricy, fica a fica: por que não tirar Robert e escalar Danilo de camisa 9?

E falando em Muricy, acho bom ele mostrar aos jogadores a entrevista que Herivelton (goleiro dos hómi) deu ao final da partida, emocionado e festejando jogar no Palestra dia 24. Este é o espírito de quem valoriza onde está.

O MELHOR
Pelo gol e pela garra, Diego Souza.

O PIOR
Robert conseguiu jogar 90 minutos e nem ser notado em campo. Seria ótimo se ele fosse goleiro, mas ele é o centro-avante.

E AGORA?
Agora teremos que nos cansar dia 24, no Palestra, para garantir a passagem para a 2ª fase da Copa. E a diretoria voltou a afirmar que em breve teremos os dois atacantes prometidos (Ewerthon e Velazquez).

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Pensamento positivo

E daí que estamos fora da Libertadores 2010?

Enquanto os bambis vão enfrentar um time mexicano que vai poupar titulares para um clássico local no domingo, nós vamos fazer um clássico contra o Flamengo (do Piauí, mas isso é só um detalhe).
______________________________________________________________

Bom humor, Palestrinos. Vamos manter o bom humor e o pensamento positivo. Simbora matar esse duelo logo no primeiro jogo e ficar com mais calendário para treinar e aprimorar o time que está (re)nascendo.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Meu forte nunca foram os números, Palestrinos.

Peguei recuperação de matemática em aboslutamente todos os anos do colégio, sem excessão. Mas hoje, observando as estatísticas do Paulistão no Lance!, percebi que os tais números são bipolares: podem ser extremamente sinceros ou totalmente traiçoeiros.

Reparem na tabela de ‘Dribles Certos’: Diego Souza é o 3º colocado, com média pouco superior a 4 dribles por jogo. Logicamente, é um número verdadeiro. Tão verdadeiro quanto Pierre ser o 2º maior ladrão de bolas do Campeonato – e, desconfio, logo será o primeiro.

Agora observem bem a tabela de Finalizações Certas: Robert é o 4º. Sim, o quarto melhor do Paulistão. E quantos gols tem? Três. Ou seja, tem um monte de caras que fizeram mais gols atrás dele nos números, mas, em campo, muito a frente.

Da mesma forma, Pierre constar na lista de Passes Certos é meramente ilustrativo, já que nostro guerreiro dá muito mais passes laterais do que passes para gol – no caso, o quesito onde Cleiton Xavier é imbátivel em qualquer torneio decente.

Portanto, nem sempre acreditem nos números. Prefiram assistir aos jogos.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Futebol é mesmo assim, Palestrinos.

Tem dias em que se joga muito e não se ganha. E tem outros, como ontem, onde se joga pro gasto e leva-se os 3 pontos. O Palmeiras 3×2 Bragantino de ontem serviu para entrosar mais a equipe, recuperar o ânimo de Lenny e provar que o talento faz mesmo a diferença.

O JOGO
Com o time quase ideal – falta só Léo ou Maurício Ramos se recuperarem para jogar na vaga de Edinho -, o Verdão começou empolgando. Logo aos 5 minutos, em jogada maravilhosa de ataque, Diego Souza deu um lançamento a la beach soccer e Cleiton Xavier desviou com a categoria que lhe é peculiar. A partir daí, no entanto, começou o sufoco.

Sentindo o forte calor de Bragança Paulista (é possível que, logo, todos os jogos tenham que ser disputados a noite), o Palmeiras simplesmente se fechou e tratou de dar bicões pra frente. Os passes errados não ajudavam e o empate só não saiu porque, sim, nós temos São Marcos – e porque o juizão anulou um gol pra lá de legítimo do time da casa (seria ridículo não reconhecer a ajuda).

E foi jogando pior que fizemos o segundo gol. Em bela jogada do novo titular Wendel pela esquerda, o goleirão Gilvan – que começou no Palestra – soltou uma bola tão fácil que até o inoperante Robert faria. E fez: Verdão 2 a 0. Só que aí… aí o Palmeiras parou de vez. Tomou 4 gols – dois valeram e dois não – e precisou de Marcos mais uma vez pra não sair a virada.

Por sorte, em lance pela direita, Cleiton fez sua sétima assistência do ano (é quase um armador de basquete) e Lenny desviou esperto no meio da área. Deu Verdão, mas, convenhamos, naquelas.

O MELHOR
Tá ficando chato até, mas lá vai: Cleiton Xavier.

O PIOR
Sem Armero na esquerda, o troféu de pior vai para Figueroa na direita. Não só pelo baile que tomou de um tal de Esquerdinha, como também pelo drible sofrido no 2º gol do Braga.

E AGORA?
Quarta-feira tem estréia na Copa do Brasil. Verdão x Flamengo-PI, ao vivo na ESPN Brasil. Vamos torcer pro Verdão se dar bem lá no sul… no sul do Piauí!

REFORÇOS
Segundo reza a lenda, Ewerthon (pelo Palmeiras) e Velásquez (via Traffic) estão perto de fechar e reforçar nosso combalido ataque. Não são a solução, claro, mas já ajudam muito se colocarem Robert no banco.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Paraíso verde

Eis a única coisa boa da partida de hoje, Palestrinos.

São Marcos, nostro Santo eterno, completou 474 jogos com nostro manto verde sagrado e chegou ao top10 de jogadores com mais jogos pelo Verdão. No momento, aliás, está ao lado de um Deus da raça (Galeano) e a pouco mais de vinte partidas de outro Santo: Djalma Santos.

Se San Genaro quiser, nostro camisa 12 vai continuar jogando com esta regularidade até, no mínimo, o final do ano que vem e chegará ao 6º lugar. Se estender um pouco mais, então, chega no top5!

Embora, convenhamos, ele já seja o número 1 para muitos de nós há tempos.

Parabéns, Marcão!
Você é motivo de orgulho e idolatria para toda a massa alviverde.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Mais um empate.
Mais falhas.
Mais inoperância.
E, mais uma vez, pouco a falar sobre o jogo de hoje, Palestrinos.

Eu obviamente estava trabalhando durante a partida, mas, pelo que li e ouvi, os pouco mais de 6 mil estudantes e desempregados (só podem ser isso, sem desmerecer) que copareceram corajosamente ao Palestra, viram outro joguinho bem meia boca.

Aliás, quem foi conferiu outra falha gritante de Armero. Uma tentativa de cavadinha na meia-lua que acabou acarretando no gol da Lusa. Na meia-lua não, Armerito… de novo não! Definitivamente, nostro camisa 6 está em um inferno astral.

Agora, convenhamos, não tem como culpar APENAS o colombiano pelo resultado.

Porque outra vez faltou repertório ofensivo para o Verdão. E não é pra menos: com Diego bem marcado, depender de Robert é pedir para depender de nada. Marcio Araújo e Pierre não tem que armar o jogo! Simples assim. Eles são volantes. Têm que marcar e sair jogando.

Logo, a criatividade fica com os laterais, com os meias e o ataque. Que hoje, de novo, foram quase nulos. Teve bola na trave de Diego e uma boa falta de Sacconi, mas é pouco. Muito pouco.

Somos a Sociedade Esportiva Palmeiras, cazzo! Vamos acordar!

Espero que Ewerthon e Loncoln cheguem mesmo. Espero que o time volte a andar nos trilhos já no próximo domingo, contra o Bragantino, fora de casa. E espero, de coração, que NUNCA MAIS tenhamos que jogar às17h de uma quinta-feira!

Porque, ainda assim… Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »