Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 6 de maio de 2010

O vídeo abaixo é incrível, Palestrinos.

O Palmeiras B perdia por 2 a 0 para o Juventus, na Rua Javari, quando o atacante Diogo empatou a partida. Então nostro goleiro foi expulso e Diogo foi para o gol. Adivinha o que aconteceu no último lance?

É incrível, assistam.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

É a única coisa que posso dizer no momento, Palestrinos: “Aposenta, São Marcos”.

E aposenta porque você não merece isso. Você é maior que todos os que vestem nostro uniforme e falam em nome do nostro clube hoje em dia. Você é infinitamente maior que Diego Souza, Danilo, Antônio Carlos, Belluzzo, Cipullo, Del Grande, Mancha Verde, pixações… você é maior, gigantescamente maior.

Só não é maior que o próprio Palmeiras e que o torcedor comum, aquele apaixonado (e isso eu sei que nem preciso te lembrar porque você nunca teve a pretensão ou o despeito de ousar ser maior que o time e a torcida que ama).

Você é campeão paulista, sul americano, da Copa do Mundo. Você é meu maior ídolo e provavelmente o de milhões de outros palmeirenses que realmente se importam com você e com a Sociedade Esportiva Palmeiras de verdade. Por isso, se aposente.

Vai ser um vazio insuportavelmente grande não tê-lo debaixo das traves no Palestra ou em qualquer outro estádio do mundo, mas eu te peço de coração que pare.

Ontem você teve mais um exemplo de que deve ter chegado a hora. Ontem e nos últimos 10 anos, aliás. Porque você falha, perde, mas eu sei que sente com isso. Eu sei que você dormiu tão mal quanto eu esta noite de quarta, se é que dormiu, e que está envergonhado de ter perdido a Copa do Brasil mais fácil dos últimos 200 anos.

E relaxe porque não vai ser demérito nenhum você parar de jogar este ano. Se quiser sair quando o time não estiver em um momento difícil, você não vai sair nunca. É triste, mas é essa a perspectiva.

Ao te ver pegar 3 penalidades seguidas (algo que não é novidade, ano passado mesmo você fez isso na Ilha do Retiro) e ainda sim perder o jogo, senti um aperto por você. Pelo time eu tive raiva, desprezo, angústia. Por você, não. Por você eu tive pena.

E eu não quero mais ter pena do maior jogador que eu já vi jogar na minha vida.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »