Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 15 de outubro de 2010

 

Missão cumprida, Palestrinos.

Não teve altitude, não teve semente de papoula na comida do hotel, nem chazinho esquisito. Com mais um golaço de Marcos Assunção e uma atuação memorável de Deola, o Verdão bateu o tal do Universitario de Sucre pela vantagem mínima e está praticamente na próxima fase.

Tá com cheiro de mata-mata Felipônico, tá com jeito de gols de falta de Arce, tá com jeito de título pro nostro Alviverde!

O JOGO
O Palmeiras entrou em campo com o time que vem atuando, apenas com Kléber a frente, e encontrou um adversário tão bem disposto quanto fraco tecnicamente. Lembrando aquele fabuloso esquadrão do Potosí, parecia um monte de indiozinho chutando de longe e tentando desesperadamente surpreender.

Mas quem sabe chutar de longe, de perto e de qualquer lugar é Marcos Assunção. Cobrança de falta na gaveta, Verdão 1 a 0. A partir daí, sem Valdívia (que saiu machucado), nos restou a correria e entrega de toda a equipe.

Rivaldo salvou um gol certo, Deola fez grandes defesas, o bandeira anulou muito erradamente um gol legítimo de Lincoln e a partida acabou com a nostra vitória. Justa, na raça e com cara de Felipão.

O MELHOR E O PIOR
Deola pegou demais, foi o melhor em campo disparado. Já Tinga, mais uma vez, deixou a desejar na sua chegada ao ataque.

E AGORA?
Agora temos o Ceará em casa, no domingo, e eu desconfio que o Felipão vai colocar alguns jogadores, como o Assunção, para descansar (já não temos Kléber e Mago, suspensos). Semana que vem tem o jogo de volta contra o catado indígena e, no final de semana, o tão esperado clássico contra a gambazada.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »