Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 28 de março de 2011

De olho na base

Revelações, Palestrinos, revelações!

Deola, Bruno, Gabriel Silva, Patrik, Vinícius, Miguel… nenhum deles sequer pode dizer que já é titular absoluto da equipe principal, mas são flagrantes – e surpreendentes – os novos valores criados em casa.

Depois de alguns muitos anos maltratando a base, o Palmeiras começou a se organizar há uns seis anos e os primeiros frutos estão sendo colhidos agora. Os motivos disso ocorrer são os mais variados, mas é bom perceber que alguns deles foram criados propositalmente por nostras confusas diretorias.

Primeiro com o CT da base, em Guarulhos, onde a molecada tem uma bela infraestrutura para trabalhar sossegada. Depois com a reestruturação do time B que, embora quase tenha voltado para a Série A3 do Paulistão este ano, ao menos conta somente com jogadores jovens (ao contrário do que acontecia antes, quando era um depósito de atletas parados). Já o terceiro principal motivo, obviamente, é mais emergencial do que planejado: a falta de opções.

Sem dinheiro e precisando inchar o elenco, Felipão começou a subir a molecada desde o dia em quem chegou ao Palmeiras. E, entre acertos e erros, descobriu que haviam bons valores na base. Nenhum deles é um novo Neymar, mas, para quem havia parado na revelação de Vágner Love em 2003, o saldo é positivo.

Só espero de coração que a nostra diretoria esteja de olho em “detalhes” como multa e tempo de contrato dessa molecada. Em tempos de empresários sangue-sugas, todo cuidado é pouco.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

“Vitória Felipônica”, Palestrinos!

Não que tenhamos sofrido e visto um daqueles triunfos inacreditáveis, mas com dois gols de zagueiro e um de volante, fica difícil não lembrar que Felipão ajeitou este sistema defensivo em 2011. Além do mais, tanto Thiago Heleno quanto João Vitor foram apostas do nostro comandante e acabaram selando a vitória no último sábado.

O JOGO
Mal começou a partida e o Verdão abriu o marcador: após falta sofrida por Rivaldo na intermediária, Thiago Heleno mandou uma bomba e fez o primeiro. E com mais posse de bola, poderíamos ter matado o jogo antes mesmo dos 30 minutos; o problema foi que ninguém avisou nostros atacantes, que perderam pelo menos duas boas chances de ampliar. Contudo, mesmo perdendo chances e dando alguns vacilos, o Bragantino não chegou a levar perigo a Deola e o primeiro tempo terminou quase que em ritmo de treino.

Após o intervalo Felipão se irritou com as duas laterais e mexeu em ambos os lados: no esquerdo, colocou Luan para auxiliar Rivaldo (tirando Adriano MJ), enquanto que no direito trocou Cicinho por Márcio Araújo (colocando João Vitor em campo). Pouca coisa mudou e a partida precisou se arrastar até o fim para a vitória se confirmar de maneira convincente.

Faltando dez minutos para o fim, Thiago Heleno desviou cruzamento de Lincoln para fazer o segundo. E aos 42′, após bela troca de passes no meio-campo, o garoto João Vitor bateu colocado para enterrar de vez a equipe interiorana e devolver a liderança ao Verdão.

3×0 para a nostra defesa.

TROFÉU SÃO MARCOS
Nem tinha como ser outro: o surpreendente Thiago Heleno.

TROFÉU RIVALDO
Mais uma vez Adriano Michael Jackson destoou do restante da equipe e mereceu sair.

E AGORA?
Com a classificação garantida para a fase final, temos mais três partidas até o final da 1ª fase. O único que realmente importa é o do próximo domingo, quando enfrentaremos a peixarada fora de casa, com uma grande equipe. Teste bom pra um time que cada vez melhor.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »