Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 25 de abril de 2011

Tudo nos conformes, palestrinos!

Após um feriado prolongado e dois jogos decisivos, o Verdão fez o que dele se esperava e confirmou sua presença em mais duas decisões. Meu contato com a internet foi zero durante a Páscoa, mas acompanhei as vitórias sobre Santo André e Mirassol pela TV. Foram duas partidas bem parecidas, inclusive, vamos aos fatos…

COPA DO BRASIL
Jogando em casa e com a vantagem de um gol construída no primeiro duelo, o Palmeiras entrou em campo morno. E se o time esperava que o Santo André atacasse, esperou em vão, já que o timeco do ABC fez jus ao rebaixamento no Paulista e mostrou sua baixa qualidade.

O primeiro tempo foi bem fraco – tirante por uma chance para cada lado – e o segundo só melhorou porque era hora do tudo ou nada. Melhorou também porque Danilo guardou nostro tento após cobrança de escanteio e porque Valdivia começou a desfilar pelo campo.

Chances apareceram, perdemos mais um pênalti com Kleber, mas o Verdão passou e agora encontra o Coritiba nas quartas. Finalmente um jogo de respeito!

PAULISTÃO
Se o Mirassol foi a grande surpresa da primeira fase foi porque os times grandes começaram devagar. Exceto por Xuxa, seu camisa 10, o time é bastante limitado e o Palmeiras só não goleou porque teve péssima pontaria durante toda a partida.

Abriu o marcador logo aos 10 minutos, em um golazzo de Valdivia (o melhor em campo) e poderia ter feito mais uns três ainda antes de meia hora de jogo. Não fez e, pior, sofreu o empate após um vacilo bravo pelo alto. No entanto a equipe não se abalou e, por meio de Márcio Araújo, fez o segundo ainda na metade da segunda etapa, garantindo a classificação.

Se Luan tivesse aproveita metade das oitenta finalizações mal feitas pela esquerda, poderíamos ter enfiado até uns quatro. Mas como era jogo único, o que valeu foi a vaga. Que venham os gambás, com a presença sempre impagável de São Marcos no elenco!

PONTO ALTO, PONTO BAIXO
O meio-campo do Verdão foi o melhor setor do time nos dois duelos. Márcio Araújo está em uma fase abençoada, Assunção continua dando assistências preciosas para os gols, Tinga ainda oscila demais embora dê um gás precioso e o nostro  Mago voltou a jogar toda a bola que dele se espera.

Já a defesa tem vacilado demais. Com a saída de Thiago Heleno, o nível baixou com a entrada de Leandro Amaro, que tem errado muito por falta de ritmo de jogo. Danilo também tem exagerado nas faltas e precisa se controlar para ajudar mais a equipe.

PRÓXIMOS PASSOS
Domingo, ainda sem horário e local, teremos o timeco da Marginal sem número pela frente. Uma oportunidade sensacional de devolver aquela derrota injusta da 1ª fase, quando um único golzinho definiu o duelo. Sem jogo pelo meio de semana, o foco fica total no clássico.

Quanto a Copa do Brasil, só saberemos mais com o decorrer da semana. No entanto, já é certo, enfrentaremos o embalado Coxa. Temos time e bola pra acabar com a invencibilidade deles e passarmos ilesos pelo duelo.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »