Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 4 de maio de 2011

Tentei resistir, mas não consegui, Palestrinos.

A polêmica, mais uma vez, são as declarações de alguns dos nostros atletas no Twitter. As dessa semana englobam o clássico do último domingo, mas já tivemos problemas suficientes com esse negócio de mensagens serem trocadas em outras ocasiões.

Deola criticou a Federação Paulista pela arbitragem, Kleber e Valdívia xingaram alguns gambazinhos que os encheram e até a esposa do Mago saiu esculachando todo mundo em 140 caracteres.

Pois bem, aí vai a minha sincera opinião: o problema é todo deles.

Antes de ser um jogador de futebol, o atleta é uma pessoa e tem total direito a se comportar como tal. Pode xingar, elogiar, bater boca, postar vídeo, foto, comentário, o que ele quiser. O perfil de Twitter é pessoal exatamente para isso e só segue ele quem quer.

Eu, por exemplo, acompanho sempre as tuitadas do nostro arqueiro Deola (@Deola22) e as considero muito boas em geral. Valdívia (@el_mago_oficial) e Kleber (@Kleberglad30) abusam de vez em quando, mas, querendo ou não, a imagem é deles e quem está dando a cara a bater também são eles. Logo, têm o direito de falar.

O que não dá é fazer a caveira do micriblog! O Twitter é algo legal, benéfico, que estreita a relação entre jogadores e torcedores, promove uma troca de ideias, vai além daquelas coletivas com frases padronizadas.

Só acho que essa liberdade toda deve acabar quando inclui o clube. Nenhum atleta pode sujar, difamar ou falar em nome do nostro Palestra. O que, deixo claro, ainda não foi o caso.

Portanto, para matar de uma vez por todas esse assunto, fica aqui o meu veredito. Twitter de atleta é opinião de atleta, Twitter de clube é opinião de clube e os ambos vivem separadamente, sem problemas.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »