Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 9 de maio de 2011

Torcedor apóia, grita, xinga, sofre e dorme mal. Bandido picha muro, quebra vidro e ataca carro de atletas.

Torcedor chega no trabalho, escuta todo o tipo de coisa, responde, se esquiva e se defende. Bandido planeja emboscada em aeroporto.

Torcedor lê, ouve, conversa e tenta ver um horizonte melhor. Bandido invade treino achando que medo é a gasolina que ajuda um jogador a correr mais.

Torcedor desabafa, fala que nunca mais vai acompanhar a equipe, mas no jogo seguinte está lá, na TV ou na arquibancada. Bandido tem sempre a certeza de que vai ao estádio, só para execrar, pedir jogador e tentar invadir o campo caso alguma coisa dê errado.

Grazie a San Genaro, eu e a grande maioria dos 15 milhões de palmeirenses espalhados pelo mundo somos torcedores. Infelizmente, alguns poucos idiotas que vestem o nostro manto são bandidos. As cenas que vimos na sexta-feira e tantas outras vezes  nunca ajudaram o Palmeiras a se reerguer, e não será dessa vez que ajudarão.

De uma vez por todas, entendam sabichões: vão procurar tratamento. É preciso cuidar da vida de vocês antes de sair por aí vandalizando a propriedade do clube ou de colocar terror em atletas.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Juntando os cacos

Começou outra semana, Palestrinos.

E se a vergonha pela derrota ainda persiste, ao menos a cabeça esfriou um pouco e podemos pensar melhor em tudo o que aconteceu. É óbvio que um vexame desses deixa marcas, mas também não adianta ser talibã e sair por aí pregando que tem que mandar todo mundo embora e dane-se tudo.

O Palmeiras nunca foi o melhor nem o pior time do país. E continua não sendo.

Que o elenco é limitado, que Felipão tem lá suas manias (leia-se Rivaldo, Luan e Tinga) e que teríamos problemas, todos nós estamos cansados de saber. Só não acho justo esquecer que 2011 começou com uma campanha muito acima do esperado e que este time mostrou, sim, ser capaz de se superar.

E por “superar” não entendam que eu digo “meter 7 a 0 na quarta”. Quando falo em superação, cito um grupo que liderou boa parte do Paulistão, que venceu o tão falado Santos e que jogou de igual pra igual com os outros três do grandes do Estado – até com um a menos e juiz contra!

Sem dúvidas é hora de sentar e pensar no restante do ano, mas não dá pra pensar que tudo vai mudar. Até porque uma série de fatores, principalmente o dinheiro, impedem que isso aconteça. O que podemos fazer é sermos inteligentes: se o empréstimo de Luan termina em junho, deixa ele ir; se existe a possibilidade de devolvermos Rivaldo para a Traffic, que seja devolvido; se AdrianoMJ tem boa proposta, libere; se Lincoln aceita fazer um acordo, que saia; e assim por diante.

Com o alívio que estes jogadores trariam para a nostra folha salarial, dá pra olhar com carinho algumas revelações do estaduais e outros que estão encostados em times grandes (dica: Borges está sendo chutado do Grêmio). Por mais que o momento seja crítico, a cabeça fria a qual Tirone se referiu após a partida se faz necessária.

Repito: não somos os melhores, mas também não há motivos pra pensar no pior.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »