Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 9 de setembro de 2011

Mais confusão por nada, Paletrinos.

Depois do chato e irritante caso Kléber, a bola da vez foi Jorge Toro Valdivia. Contestado desde a sua volta, o homem de 20 milhões de reais esteve na boca do povo para falar sobre a sua possível volta para o mundo árabe – algo que, por sinal, nem existiu ao certo.

Tudo começou no início da semana, quando rumores vindos da imprensa diziam que o Palmeiras havia aceitado uma proposta dos Emirados Arábes Unidos. Sem ter conhecimento disso ou não, o Mago escreveu besteira no Twitter e aí a coisa pegou fogo. O esclarecimento veio só na tarde de ontem; mas, convenhamos, nem precisava ter tido tanto barulho.

Todos nós sabemos da qualidade incontestável do chileno. É bom jogador, técnico, habilidoso e faz diferença quando está em campo. Mas é só isso. Não é craque, não é ídolo, não é vital para o Palmeiras.

O que está acontecendo é um erro de valores por parte da nostra torcida. Como os tempos estão escassos de títulos e de ídolos, toda vez que um bom jogador pode sair do Palmeiras parece o final do mundo. Foi assim com Kléber e agora com Valdivia. Duas polêmicas totalmente desnecessárias.

No caso do Gladiador eu já havia dito isso e repito: se o cara quer sair, ele que saia. Não pega bem pra um time do tamanho do Palmeiras ficar correndo atrás de atleta mimadinho. Agora, se o cara quer ficar e o time também o quer – o que parece ser o caso agora -, ele que fique e se esforce.

E só para terminar este assunto, não adianta culpar um só lado nesta história. Falhou a diretoria, que pra variar se omite em meio a polêmicas; falhou o próprio jogador, que apelou pro Twitter sem saber de nada; falhou parte da imprensa, que sempre solta “bombas” inveridícas; e falhamos nós, por nos preocuparmos com nada.

Lembrem-se: o Palmeiras é maior que qualquer jogador.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »