Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 28 de setembro de 2011

Agora é oficial, Palestrinos: o silêncio virou ordem.

Graças às declarações estúpidas e impensadas de Kléber e – mais uma vez – de Roberto Frizzo após a partida do último domingo, Felipão decidiu decretar que nenhum atleta fale até segunda ordem.

“Ditador!”, brada a imprensa e seu sensacionalismo barato. “Tirano!”, gritam os falsos puritanos. “Saia do Palmeiras!”, clamam os organizados com rabo preso junto à diretoria. No entanto, na minha opinião, Felipão não só está corretíssimo, como também é o menos importante dos “silêncios” que rondam o Palmeiras.

Afinal de contas, é bom lembrar que nós estamos sob o comando do presidente que nunca fala. Tirone é sempre o último a aparecer, o último a dar entrevistas, o último a prestar qualquer tipo de esclarecimento quando o circo pega fogo. Isso quando ele fala!

Continuando a nostra linha do poder, chegamos a Frizzo, o homem do “não tá comigo”. Quando acha que tem razão, ele bate no peito e sai dizendo que foi ele quem fez; agora, quando se sente acuado, ele é o primeiro a dizer que a culpa não é dele. E, para isso, joga no ventilador e faz escarcéu a qualquer custo.

Logo, em um lugar que não tem comando, tomou conta Felipão. E a ordem de ninguém falar é perfeita, visto o que Kléber falou depois do jogo, visto que Deola já disse que o grupo não gostou de tais colocações, visto o nostro horrendo histórico de que TUDO vaza para a imprensa.

Se ninguém fala, menos problemas a gente tem. As palavras dos jogadores não farão falta nenhuma agora; só espero que eles que treinem e pensem no papelão que protagonizaram diante do Atlético/GO. Enquanto isso, paira no ar o pior dos silêncios: o silêncio dos incompetentes.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »