Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 3 de fevereiro de 2012

É hora de trabalhar, Palestrinos!

Chega de chororô, chega de desculpas esfarrapadas, chega de falar que a grama do vizinho é mais (alvi)verde. Não dá para gastar mais um ano com reclamações infindáveis e ainda ver o time passar em branco dentro de campo. Mas, para tal, precisamos contar mais do que nunca com o Sr. Luiz Felipe Scolari.

Treinador de qualidade inquestionável, Felipão voltou ao Palmeiras em 2010 e, como sabemos, ainda não obteve o sucesso esperado. É claro que o grupo que ele pegou e reformulou não era dos melhores, é claro que a estrutura da diretoria do Palmeiras atrapalha, é claro que a torcida muitas vezes muda o rumo das coisas, mas a verdade é que ele está devendo.

Nem vou falar aqui de seu salário – o maior entre técnicos da América Latina -, pois se o clube ofereceu, ele fez bem em aceitar. O que tem me incomodado é o lenga-lenga. E em 2012, aparentemente, Tirone fechou com Felipão e não abre: afastou Kléber, contornou o incêndio do caso João Vitor, contratou 5 jogadores a pedido do gaúcho, está tirando os poderes do caquético Frizzo, trouxe Galeano e Sampaio para a comissão técnica e ‘otras cositas más’.

Ou seja, o ano é todo dele. E se o ano é de Felipão, é agora que ele precisa fazer a diferença. Até porque, para ser sincero, não vejo o time do Palmeiras tão fraco assim. Faltam algumas peças no banco, é verdade, mas o time melhorou em relação aos anos anteriores. O que falta ao nostro treinador, hoje, é experimentar.

O esquema com Luan aberto na esquerda, por exemplo, pode ser revisto. Foi funcional na temporada passada, mas, hoje, com Maikon Leite, Valdívia, Daniel Carvalho, Barcos e outros a disposição, talvez esteja travando demais o time. A mesma coisa acontece quanto aos laterais, que sobem menos do que deveriam, mas que no atual esquema têm de jogar assim.

Enfim, confio demais no Felipone. Só peço uma coisa a ele: que abandone essa “síndrome de porco vira-latas”, comece a acreditar neste time e fazer com que o próprio time acredite em si. Com isso poderemos, quem sabe, alçar voos mais altos.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »