Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 20 de agosto de 2012

O Brasileirão passou de incômodo a preocupação, Palestrinos.

Tudo nos leva a crer que, assim como aconteceu no ano passado, vamos lutar para não estar entre os 4 últimos até o final do campeonato. E eu discordo de quem brada por aí que isso acontece porque nostro elenco é fraco. De fato, ele não é dos mais fortes; mas não dá para olhar a tabela e ver que estamos atrás de Portuguesa, Ponte Preta, Náutico, …

O problema do Palmeiras é ter um elenco com 30 jogadores, mas com poucos homens.

Dá pra contar nos dedos os atletas que, de fato, se esforçam em honrar a nostra camisa – Bruno, Assunção, Barcos e Maurício Ramos, por exemplo. Já a de vagabundos preguiçosos é bem mais extensa, sendo puxada lá em cima por dois dos maiores salários do clube, Valdivia e Daniel Carvalho. O restante do elenco é ocupado por garotos que ainda não podem ser responsabilizados (Wellington, Patrick Vieira, etc.) e reforços de nível duvidoso (Román, Betinho, etc.).

A Sociedade Esportiva Palmeiras precisa de atletas engajados! Não precisam ser os melhores, basta serem os com mais gana de ganhar. Quando valia título, na Copa do Brasil, todo mund0 correu. Agora que estamos no Brasileirão ninguém faz mais nada? Vá benne que foi uma conquista histórica, mas o Palmeiras merece muito mais do que isso.

Isso se chama vergonha na cara, Felipão. Pode cobrar!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

E o pesadelo continua, Palestrinos…

Ontem, em Goiânia, sofremos uma daquelas derrotas que são um verdadeiro balde de água fria. Fizemos um jogo parelho diante de um adversário que briga para não cair, tivemos chances de vencer e, graças a vacilos próprios – e um já tradicional da arbitragem – saímos de campo derrotados.

Não dá mais para perder pontos em jogos assim! E os de ontem foram perdidos em um verdadeiro jogo dos 7 erros.

Erro 1: Román. É inadimissível que tenhamos ido até a Argentina buscar um cara deste naipe. Achei que Felipão já havia desencanado do gringo, mas, ontem, escalou o paraguaio como “falso lateral-direito” e ele não só foi estabanado na frente como errou nos dois gols sofridos.

Erro 2: Correa. Entendo que ele tenha vindo de graça, mas, depois de 3 meses parado não dá pra meter o cara de titular. Nitidamente ficamos sem pegada no meio.

Erro 3: Valdivia. Neste caso, Felipão não tem culpa nenhuma, mas o chileno insiste neste chova-não-molha de lesão jogo sim, jogo não. Ou encostam o cara até ele estar curado ou manda esse vagabundo honrar a camisa 10.

Erro 4: Bola aérea. Entra ano, sai ano, o Palmeiras sofre com isso. Temos defensores de estatura elevada o bastante para não sofrer gols desta maneira, mas…

Erro 5: Banco. É inexistente! Exceto por uma ou outra peça, as suspensões e lesões estão nos levando a um nível desesperador de reposição. Vacilamos na janela de meio de temporada.

Erro 6: Respeitar nanicos. Isso é antigo, mas, não custa lembrar que somos o Palmeiras e que respeitar times como o Atlétiquinho é algo ridículo. Nostra postura defensiva mata.

Erro 7: Arbitragem. Pela 4a vez nas últimas 8 rodadas nos prejudicaram. Ontem foi um pênalti não marcado, minutos após termos sofrido o segundo gol. Mas a imprensa, é claro, falará apenas do gol do Santos…

Agora é tentar corrigir isso aí, esperar pela volta de quem ficou de fora e torcer por uma recuperação diante dos lambaris, no Pacaembu (aleluia, chupa Barueri!).

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »