Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 21 de maio de 2013

Sim, o assunto é velho, Palestrinos.

E eu confesso que acho besteira essa síndrome de perseguição que boa parte de nostra massa sempre teve com a imprensa em geral. O problema é que, a cada dia que passa, me sinto obrigado a rejeitar o canal 5. Os motivos são vários, mas, basicamente, um deles vale por todos: eles estão cagando para o Palmeiras.

A começar pela transmissão dos jogos. Nos últimos anos tem sido sensível a queda no número de partidas transmitidas nos horários tradicionais. Seja pelo Paulistão, Copa do Brasil, Brasileiro (só passaram os jogos que agravaram a queda) ou Libertadores (8 jogos em 2013 e nenhum transmitido), a Globo simplesmente ignora o Palestra.

E aqui não vale o argumento de pontos de ibope. Afinal, se você tem uma torcida com 15 milhões de pessoas, é irracional pensar que nenhum – repito, NENHUM, nem nas oitavas – jogo valerá a pena de se transmitir. É falta de respeito, inclusive, com a vasta parcela da população que não tem acesso à TV por assinatura e que aí se vê na obrigação de colar ao radinho/celular para acompanhar os prélios.

Digo e repito: isso não tem nada a ver com audiência. Afinal, eles podem e devem transmitir mais jogos de outros times se comprovarem e entenderem que vale mais a pena. O problema é simplesmente ignorar uma equipe quase centenária e de tradição inegável no cenário futebolístico do país.

Até porque no site da instituição, o desrespeito segue. Em busca de cliques desenfreados (problema de todos os portais-, diga-se de passagem), as notícias do Palmeiras sempre vêm recheadas de sensacionalismo. É como se o Palmeiras fosse o Datena da programação global, onde só cabem notícias de desgraça. Isso, claro, quando não vêm claramente debochadas como foi no dia de hoje.

Pois mal lançamos o belíssimo uniforme para a temporada 2013/14, a manchete na home do site deplorável era a seguinte: “Palmeiras jogará a Série B com uniforme retrô”. Nem precisa comentar. Tudo indica que, de fato, o canal que trata o esporte como algo de uma torcida só escancarou isso em todas as suas vertentes. Como diz o ótimo Forza Palestra, é o “monopólio do sofrimento” sendo transformado em monopólio das notícias.

É triste. É sujo. É escroto.

Pois bem, Globo, de mim você não espere mais nada. E eu espero que de nenhum outro torcedor palmeirense também. Vão tratar o futebol como esporte de uma torcida só na casa do caralho.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »