Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘1×0’

Chega de falar de arbitragem, Palestrinos!

Tenho total ciência de que fomos prejudicados ontem, diante do Goiás, mas não dá pra culpar somente juízes e bandeirinhas por resultados como esses. O que tem faltado a este Palmeiras diante e equipes fechadas é futebol em sua essência.

O que vimos ontem, em Goiânia, foi mais um exemplo de como não se jogar bola. Um time totalmente esparramado dentro de campo, sem nenhuma perspectiva de jogada nem mesmo alternativa para furar a defesa do adversário. E a verdade é que, cobre-se o ataque ou a defesa, nostro grande problema continua sendo o meio-campo.

Desde a saída de Gabriel – e a recente ausência de Arouca – estamos sem pai nem mãe na meiúca. Amaral parece aqueles cães de guarda velhos e cansados, Robinho erra absolutamente tudo o que faz, Zé Roberto não tem mais fôlego para aguentar jogos quarta-domingo-quarta e nostros suplentes (com aquele destaque negativo para Cleiton Xavier) tampouco parecem confiáveis. Não a toa Dudu recuou dentro de campo e virou referência na condução de bola das últimas partidas… O campo extenso do Serra Dourada apenas evidenciou ainda mais estes problemas todos.

Não sei qual a ideia de Marcelo Oliveira para resolver este buraco, mas a verdade é que sem um meio de campo estruturado, defesa e ataque vão seguir sofrendo. Na minha opinião, pouco adianta culpar Vitor Hugo, Victor Ramos ou Barrios por ineficiência, visto que falta proteção e apoio aos dois setores.

Ou ajustamos o meio ou vamos continuar vivendo de altos e baixos. Ora culpando atletas individuamente, ora culpando a arbitragem pelos resultados. Ninguém ganha ou perde um campeonato de 38 rodadas por causa de juiz, capicce?

Siamo Paletra.

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

A derrota de ontem foi doída, Palestrinos.

Afinal, cair em casa, para um time pequeno, com um gol aos 39 do segundo tempo, nunca vai ser algo fácil de se lidar. Agora, pelo amor de San Genaro, calma com a andança: o ano não acabou.

É mania nostra sair procurando culpados. Uns vão xingar o Kleina (que colocou Vinícius e Valdivia baleado), outros vão dizer que a culpa é da diretoria (que não trouxe lateral-direito e centroavante reservas), outros crucificarão até Bruno (dizendo, sem conhecimento algum de causa, que o chute era facilmente defensável). Pois bem, amicos, não é hora pra isso.

Ontem, exceto por uns 15 minutos de lucidez, o Palmeiras foi muito mal em campo. O time, que já não contava com Valdivia e Wendel – lesionados pelos brucutus do Bragantino -, perdeu também Kardec e Prass por lesão. Em outras palavras, perdemos os poucos jogadores que podem fazer a diferença quando as coisas apertam (inclusive pelo prisma da liderança e confiança).

Me desculpem os torcedores que adoram colocar a culpa nas costas de um de outro jogador, mas, ontem, perdemos todos.

Só gostaria de lembrar a todos que, no início do ano, nenhum palmeirense esperava nada demais deste elenco. Ou alguém aqui cravaria um início de ano com 13 vitórias, 2 empates e 3 derrotas?

A diretoria está ciente de que nostro elenco precisa, sim, de alguns reforços pontuais. Kleina precisa rever algumas decisões de banco também (Tiago Alves, Mendieta e Vinícius valem a pena?). Da mesma forma, alguns jogadores – como Leandro e Wesley – precisam colocar a cabeça no travesseiro e repensar o que têm feito dentro das quatro linhas. Mas, repito: o ano não acabou.

Temos Copa do Brasil e Brasileirão pela frente. São muitos jogos ainda. O centenário segue vivo e nós temos que viver com ele. Caso contrário, morreremos todos nós com um tombo que foi grande como Itú, mas bem menor que o Palmeiras.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »