Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘andre lima’

Falar o quê, Palestrinos?

Time que entra em campo para empatar, sai derrotado mesmo. E já faz algum tempo que o Palmeiras, dentro ou fora de casa, começa a partida disposto a ficar no zero a zero. Ontem foi somente mais um exemplo deste time que reflete o pensamento de quem o comanda e envergonha toda a nostra torcida.

Até porque a partida, em si, foi horrível. Muitos erros de passe, muita correria e  pouca vontade de atacar de ambos os lados. O placar só poderia ser mudado, mesmo, em um lance de bola parada. E foi assim que perdemos a partida aos 26 minutos da segunda etapa.

Mas o lance mais bizarro da partida não foi o gol de André Lima e, sim, o que aconteceu exatamente um minuto antes: a substituição de Baros por Maikon Leite. Nada contra o camisa 7 – que, por sinal, defendo como titular ao lado do argentino – mas tudo contra o medo de Felipão. O atacante, até então, era o melhor em campo! Mesmo isolado lá na frente, era o único a produzir algo. No entanto, o medo impera no Palestra…

E o time do zero a zero perdeu mais uma. Ficou no zero. Já estou contando os dias para dezembro chegar e esse campeonato maledeto acabar logo.

(PS: Sim, houve pênalti claro em Henrique. Mais uma vez a juizada garfou o Verdão. Mas o time me irritou tanto, errou tanto, que nem o empate faria diferença ontem.)

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxbot_1508

Empatar com Grêmio e Atlético/MG foi aceitável. O Grêmio tem bom time e o Atlético jogou no Mineirão, enfim: foram resultados normais. Agora, empatar em casa com um time ruim como o Botafogo não pode.

O empate de sábado é de se preocupar. Não que seja indícios de que o time vai cair. Mas pela tabela, preocupa. Ou o Verdão volta a jogar como líder ou vamos sofrer ainda mais com empates desnecessários.

O JOGO
O Palmeiras simplesmente não pressionou. Contra uma equipe que joga com três zagueiros e três volantes, você tem que se mandar pra frente, martelar, procurar o gol. E o time se limitou a bolas paradas.

Só que aos 23 minutos, num lance de infelicidade de Maurício Ramos, a bola sobrou para André Lima (Dio mio, tomar gol desse pereba…) e o Botafogo saiu na frente. Po sorte, menos de dez minutos depois empatamos: Danilo cabeceou, o goleiro falhou e o Verdão empatou.

Era o gol certo, na hora certa.

Mas aí… aí o time parou de novo. Era bem óbvio que o Palmeiras precisava de mais um atacante, que Sandro Silva estava sobrando em campo. Ou Deyvid ou Lovinho precisavam entrar. Quando os volantes têm de armar o jogo, é porque tem algo errado!

Mas o Palmeiras insistiu no erro e só levou perigo em bolas paradas. Pra piorar, Diego Souza foi egoísta e perdeu o gol mais feito do ano (Ortigoza estava sozinho ao seu lado) e marcaram impedimento errôneo em lance de CX10.

O jogo ficou no 1 a 1 e a diferença pro Goiás é de dois pontos.

O MELHOR
Ortigoza mais uma vez correu e lutou muito. Diego e Cleiton estavam muito marcados. Mas, na minha opinião, o melhor em campo foi Pierre.

O PIOR
Os dois laterais estavam patéticos. Armero ainda tentou um chute e por isso Wendel realmente merece o prêmio de pior em campo.

E AGORA?
Agora é 2º turno, com os 3 primeiros jogos decisivos: Coritiba (f), Inter (c) e São Paulo (f). Se o time se dedicar agora, continuamos na briga. Se perder mais pontos de graça, esquece o caneco.

Reage, Verdão!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »