Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘arbitragem’

Mais uma derrota e mais um roubo, Palestrinos.

Perdemos para o Cruzeiro por 2 a 1 e, vejam só, ambos os gols dos rivais foram irregulares: uma falta fora da área em que o árbitro marcou pênalti e uma assistência feita por um jogador que estava em posição de impedimento. Mas é claro que dirão que isso coisas normais do futebol, que acontecem a todo o momento… Alguns até dirão que também não foi pênalti em Maikon Leite – e realmente não foi! -, mas ali foi compensação total de um safado com consciência pesada.

Eu, pessoalmente, odeio este papinho de “teoria da conspiração”. Que tudo é contra o Palmeiras, que isso é proposital, que só nos prejudicam. O fato é que a arbitragem brasileira é ruim. No entanto, temos que concordar que não é normal dois ladrões apitarem nostros jogos seguidamente. Contra o Bahia, na quinta, foi um pênalti contra inventado e um a favor ignorado; ontem, mais dois lances ridículos que nos prejudicaram.

O site Placar Real, que mostra a posição dos clubes no Campeonato Brasileiro segundo os erros de arbitragem, não nos deixa mentir: foram 8 erros contra o Palmeiras. Claro que um erro não justifica o outro e que não é sempre que você deixa de tomar um gol e vence a partida, mas é algo que incomoda demais.

No entanto, sempre que reclamamos, ficamos como os chorões, os que se acham perseguidos, os paranoicos. Pois fiquem sabendo que, contra tudo e contra todos, faremos um campenato digno; aguardem!

__________________________________________________________

O JOGO
Mais uma vez, o campeão da Copa do Brasil ficou abaixo do esperado. Depender de Patrik e Daniel Carvalho é acreditar no impossível! Já passou da hora de dispensar o elefante que finge ser meia desde o início do ano e começar a montar um time com 3 atacantes, aproveitando ao menos a nostra velocidade para ter volume de jogo.

Barcos voltou bem, Mazinho se esforçou e foi só.

__________________________________________________________

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

O resultado não foi de todo o mal, Palestrinos.

Principalmente levando-se em conta que empatamos com gols na “casa” do adversário, o 2×2 diante do Patético Paranaense foi razoável. O jogo teve dois tempos completamente distintos – o primeiro deles, o segundo nosso – e só não passou deste resultado por causa da limitação técnica das duas equipes.

Os pontos positivos ficaram por conta da bela atuação de Barcos (que estava devendo), pelas ótimas entradas de Maikon Leite e Luan (velocidade pelos lados do campo é sempre a saída) e pela reação de Valdívia ao xingar o técnico imbecil que tentou agredi-lo (que seja suspenso por alguns jogos, ao menos). O negativo ficou por conta de toda a nostra defesa: a dupla de zaga fica clamorosamente fraca sem Henrique, os laterais tomaram bola nas costas o jogo todo e os volantes – principalmente Márcio Araújo – ficaram perdidos.

Agora, verdade seja dita, a arbitragem foi nojenta. A começar pelo impedimento mais do que claro de Guerrón bem na fuça do bandeira, passando pelo pênalti escandaloso em João Vitor e terminando na inversão de faltas que favoreceu o time deles o tempo todo. Existem erros e erros – eu sei -, mas alguns só podem ser mal intecionados.

No jogo de volta, semana que vem, cravo que passaremos de fase mesmo sem a presença de Barcos. E não será difícil, até porque eles terão que atacar e tem uma equipe mais limitada que meu cartão de crédito. Meu outro palpite é que, mesmo em um horário bisonho, nostra torcida irá comparecer em bom número em Barueri e incentivar o Verdão rumo às semi-finais. Pode cobrar depois.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

 1241174-7510-it2

Mais uma vez fomos melhores.
Mais uma vez o juiz interferiu.
Mais uma vez parecia que o gol não ia sair.

Mas sábado, palestrinos, sábado o Palmeiras foi grande!

Melhor desde o início, o Verdão só não abriu o placar no 1o tempo porque Keirrison finalizou mal em um lance e Wendel foi fominha em outro. O intervalo sem gols era injusto. E ficou mais ainda no segundo tempo.

Porque Luxemburgo mexeu muito bem no time (admitam…) e colocou 3 atacantes para sufocar o Ventinho (se isso é Furacão, eu sou o Hulk!). Só que mais uma vez a bola parada nos causou problemas. Tomamos um de cabeça após o escanteio e outro em falta direta. Aí, sim, Luxa, cabe a crítica: vamos treinar!

Por raça e merecimento, Obina fez um gol de vontade pura e Keirrison ainda empatou aos 49 minutos.

Se a arbitragem – que dessa vez influenciou muito! – não anulasse outro gol de Obina (aliás, um patcha golaço), poderíamos ter vencido. Mas o resultado ficou em segundo plano. Vamos continuar no G4, ganhamos moral novamente e vamos buscar este Brasileirão.

Estamos vivos. E, agora sim, de pé.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »