Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘gambazada’

Rodada final de Brasileirão é sempre polêmica, Palestrinos.

Ainda mais em uma rodada como esta, onde o título será decidido por dois clássicos regionais, o que vira um prato cheio para discussões infindáveis. E dentre todas as coias boas e ruins que se ouve por aí, a pior e mais repetida de todas é máxima de que “o Palmeiras vai ajudar o Vasco”.

Pois bem, amigos, não vamos.

Nós vamos, sim, entrar em campo para ganhar da gambazada. Palmeiras x Curintia é o maior jogo do mundo. Nada é mais importante que ele, seja o campeonato que for, e entrar em campo para ganhar é sempre uma obrigação. A diferença é que, desta vez, a nostra vitória pode melar o título da gentalha. E, se San Genaro quiser, vai melar bonito mesmo!

Agora vocês devem estar pensando: “Mas, cazzo, e isso não ajudar o Vasco?!”. É, mas é uma consequência. O Palmeiras entra em campo para ganhar o jogo e não ajudar terceiros. Se fosse trabalho filantrópico, teríamos entregado o jogo para os cruzmaltinos aqui no Pacaembu, três semanas atrás, quando empatamos por 1 a 1.

Coincidência ou não, são justamente estes dois pontos que fazem falta na tabela deles hoje. Por isso, é bom gambá ficar quietinho e jogar bola. O Palmeiras joga pelo Palmeiras, e só.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

O futebol está ficando chato, Palestrinos, e não é de hoje.

Ontem, ao final da partida em que batemos a bambizada por um a zero, tivemos mais alguns exemplos disso. O ocorrido foi que, enquanto ainda davam depoimentos dentro de campo, alguns de nostros jogadores souberam do gol do Vasco. E ali, em meio ao arrombo de alegria de ambas as torcidas, a maioria se calou.

Deola disse que entrará em campo para vencer porque é um clássico, Assunção concordou com nostro arqueiro, Felipão disse que não vê alegria em tirar o título do rival… a chatice de sempre. Eis que surge ele, sempre ele, Jorge Valdívia e destoa do coro: “A vitória não vai apagar o ano ruim que tivemos, mas seria um presente para o torcedor”.

Perfeito! É isso. Sem desrespeitar ninguém, o chileno falou toda a verdade. Se tirar o título do Curintia não é motivação extra aos jogadores, o que será? A torcida quer isso, a torcida irá cobrar isso, a torcida vai apoiar por isso.

Semana passada, escrevi aqui que seria ridículo dobrar o bicho dos jogadores para esta partida – e não mudo uma vírgula no que está escrito… Vai pensar em dinheiro na véspera de um jogo como esse?! No entanto, motivação não pode faltar! Foi isso que o Mago quis dizer com a palavra “presente”; em meio a um ano tão decepcionante, ter esse gostinho seria um ato de dignidade por meio dos atletas. E eu ainda vou além: só espero que o time corra e se entregue, independente do que acontecer ao final dos noventa minutos.

Para ser sincero, tenho certeza de que todos os atletas pensam isso. Mas, ali, na frente dos microfones, preferem ser “certinhos”. Contudo, compreendam de uma vez por todas: rivalidade é uma parte indispensável do futebol! E falar como Valdívia falou é totalmente coerente. Não incentiva violência, não dá poder ao adversário. Pelo contrário, isso só contribui a conversa do almoço, do escritório, do bar.

Tenho certeza de que teremos um partidaço no domingo. E vamos, sim, jogar com os ouvidos no jogo do Vasco. Não tem essa de “contra o Corinthians é sempre assim e mimimi”. Fosse ao contrário, teríamos a mesma situação.

Viva a rivalidade, viva Valdívia, vida o politicamente incorreto!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

vagnerlove

Certa vez, uma banda formada por malucos de Liverpool cantou que tudo o que precisamos é amor. Já ontem foi anunciado, ainda que em forma de rumor, o interesse de que tudo que o Verdão precisa é Vágner Love de volta.

O rumor ganhou corpo ao entrevistarem Muricy Ramalho, que elogiou muito o atleta e disse que ele seria ideal para o nostro ataque.

Cá entre nós, todos sabemos da qualidade do Love. O cara é matador mesmo e a chegada dele seria como uma continuação de 2003, quando ele saiu do Palestra justamente ao final do 1º turno, com o time na liderança do Brasileirão.

No entanto, aquela negociação dele com os gambás dois anos atrás manchou um pouco a relação com a massa alviverde.

Eu quero ele de volta. Principalmente se explicar direito o que houve quando escreveu seu nome naquela camisa que, hoje, mais parece um abadá de show do Chiclete com Banana.

E você, all you need is Love?
Ou Obina é mesmo melhor que o Eto’o e vamos com ele?

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxcor_3x0
Obinão fez 3 e pediu música no Fantástico.

Foi em um domingo, quatorze anos atrás, que um atacante desacreditado fez 3 gols e ganhou um clássico que parecia complicadíssimo.

O ano era 1995 e o atacante se chamava Magrão, mas ontem um atacante um pouco mais rechonchudo repetiu a história. Obina marcou três, o Verdão aplicou 3 a 0 pra cima da gambazada e de quebra está na liderança do Brasileirão.

Rebobinaram bem essa fita, hein?

O JOGO
Os 7 primeiros minutos de jogo foram da gentalha. Sempre abusando da velocidade de Dentinho e Jorge Henrique, o Curintia foi pra cima do time de Jorginho. Mas bastou uma descida perigosa do Verde pra tudo mudar.

Cleiton Xavier bateu falta no travessão e, a partir daí, só deu Palestra. Tanto que três minutos depois, Obina fez o que seria seu 1º gol – bem anulado pelo bandeira.

Aos 20, o golpe fatal: Ronaldo recebeu falta normal de Souza, mas seu peso mórbido acabou por causar uma fratura em sua mão. E aí, sem o cover do Bussunda, ficou ainda mais fácil.

Tanto que aos 31′, Pierre cruzou linda bola e Obina mergulhou para fazer o nosso merecido tento. 1 a 0 Verdão!

O segundo tempo, então, foi um chocolate. Antes dos 15′, o zagueiro frentista do timinho, Chicão, fez pênalti em Cleiton: Obina bateu duas vezes e o Palmeiras fazia 2 a 0.

E como era dia de Obina, aos 20 nosso camisa 28 puxou contra ataque, tabelou com ele de novo, Cleiton Xavier, e matou o jogo. Palmeiras/Obina 3×0 Curintia.

Mais poderia ter sido, mas a piedade é uma virtude verde.

QUE VENHA MURICY!
E teria hora melhor pra assumir o Palmeiras, meu filho?

Líder do campeonato e recebendo o lanterna Fluminense em casa, na quarta. Isso aqui é trabalho e nós esperamos que seja tão bem feito quanto foi o de Jorginho Sombrancelha Mágica.

Boa sorte, Muriçoca!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »