Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Icasa’

Quando tem jogo no Pacaembu, meu ritual é sempre o mesmo, Palestrinos. Antes de sair de casa para trabalhar eu preparo um kit camisa + boné + tênis verde, deixo guardado e me preparo física e psicologicamente para ir ao estádio.

O problema é que tem vezes que dá e vezes que não. Ontem, infelizmente, foi uma dessas noites que não rolou. Atolado de trabalho e sem hora para sair, olhei para o relógio do computador às 21:30h e automaticamente comecei um outro ritual – o da redenção. Primeiro fico puto por não conseguir ir, depois vou me conformando e, por fim, coloco na rádio online e acompanho a partida tenso como quem acompanha em um radinho de pilhas.

E ontem a coisa estava feia na firma… trabalho que não acabava. Por isso, a cada variação de voz do locutor, o trabalho era interrompido. E depois voltava, nunca desacompanhado de algumas palavras ou palavrões.

Foi assim quando saiu o pênalti para o Icasa. E foi ainda mais quando Prass defendeu e recolocou a gente no jogo. Quando o pênalti inverteu de lado e Vinicius fez o dele, então, comemorei o gol e a sensível melhora do meu desempenho frente ao computador.

O trabalho continuou e o jogo também. Ambos tensos, pegados, cheios de rusgas. Cada carrinho na cancha municipal era um carrinho cá com os meus arquivos. Não era possível que estávamos correndo riscos assim, em casa! E era menos possível ainda que eu não estivesse lá na arquibancada.

Mas, quando o fone soou alto o primeiro tento de Alan Kardec, o segundo nosso, tudo mudou. Que alívio, cazzo! Ouvir Wesley e nosso artilheiro espírita marcarem o terceiro e quarto gols, então, valeu a noite.

Pode parecer exagero para quem não sabe o que é gostar tanto de futebol. E certamente pode parecer loucura para quem não ama o Palmeiras. Mas, ontem, quando o Palmeiras meteu 4 a 0 no Icasa, pela 11ª rodada da Série B, ele fez mais muito mais do que somar três pontos: ele salvou a minha noite.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »