Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘jogos’

Chegou a hora da verdade, Palestrinos: os seis próximos jogos do Brasileirão vão definir nostro futuro no torneio.

Sem exagero, choro nem vela, as três semanas que vêm pela frente irão mesmo sentenciar o que esperar de 2015. Para comprovar o que acabo de escrever, eis a sequencia: Flamengo (C), Goiás (F), Vitória (C), Figueirense (F), Chapecoense (C) e Botafogo (F). Em outras palavras, seis jogos contra times que estão da metade para baixo da tabela.

E aqui entra a velha história do médico que vai dar uma notícia importante ao paciente. Tem a parte boa e a parte ruim.

Dado a sarrafada que tomamos no último sábado, comecemos pela parte boa: todos estes duelos são verdadeiras finais. Três pontos a mais que ganhamos são três pontos a menos para adversários diretos na luta contra o descenso. E aqui nessa luta o fator casa acaba sendo abrandado; os times costumam jogar em casa pressionados e por isso mesmo devemos colocar o peso da camisa na ponta da chuteira e ir pra cima deles.

Quanto a parte pessimista das previsões, temos que considerar o momento. Nostras últimas apresentações mais uma vez confirmaram as velhas falhas (setor defensivo frágil, meio sem criação e ataque perdendo chances) e o time está com dificuldades claras em se organizar. Basta lembrar que as duas partidas que vencemos – Coritiba e Criciúma – foram vencidas pelo placar mínimo.

Cenário posto, apenas reforço o pedido feito tantas vezes anteriormente: se você quer ajudar o Palmeiras a sair desta situação, vá ao Pacaembu. O elenco é medíocre, não veremos grandes apresentações, mas a única forma destes atletas serem bem sucedidos dentro de campo é com o nostro apoio.

Sem a torcida que canta vibra, o nostro alviverde jamais será inteiro.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Saiu ontem o calendário das transmissões televisivas do Brasileirão, Palestrinos.

E uma rápida passada de olhos pela tabela nos revela uma realidade ultrajante: em 38 rodadas, o Palmeiras tem apenas 4 jogos previstos para passar em TV aberta. Ou seja, a Globo nos preteriu. O cenário não poderia ser pior para torcedores de fora da capital (e isso inclui os que moram fora do país) e ainda mais para aqueles que não tem acesso a TV a cabo.

No entanto, antes de começarmos a jogar pedras e amaldiçoar a toda poderosa não só da comunicação, mas como de todo o futebol brasileiro, entendamos o caso.

A grade de qualquer canal de TV é definida pela audiência. Quanto mais audiência um programa dá, mais tempo ele fica no ar, mais patrocinadores têm e etc. No futebol, a Globo faz esse acompanhamento por time e, em São paulo, hoje, somos a 3a audiência. As médias de nostras 12 partidas do Campeonato Brasileiro do ano passado foi tida como baixa e, por isso, houve o corte na transmissão.

Ao mesmo tempo, temos apenas a 5a colocação no ranking de vendas de pay per view. Ou seja, a Globo deixa de ganhar a nostra audiência na TV aberta, mas automaticamente vislumbra um aumento na TV paga. Eles ganham de qualquer maneira! E, se não me engano, isso se chama monopólio…

Enfim, a verdade é que o domínio global é tão grande em nostro país que nós, torcedores, jamais teremos como combater este problema. Não adianta fazer boicote. Para o Palmeiras estar mais presente em horário nobre, só uma coisa funciona: bom futebol.

Ou você acha que o Ibope dos jogos do Verdão não aumentou com os gols de Barcos? Ou você pensa que os diretores da Globo não pagaram um pau pros 6 a 2 enfiados no Botafoguinho? Se o Palmeiras mantiver a boa fase, esses 4 jogos podem virar 10 em questão de semanas. E eu, humildemente, acredito nisso.

Vamos, Palmeiras! Chegou a hora de calar os poderosos da TV, a crítica desconfiada e aqueles que diminuem o maior campão do século XX.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »