Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ldu’

Do jeito que a notícia saiu, parecia que iria mudar o mundo. Mas foi só alarme falso, Palestrinos, não há nada de novo na entrevista cedida por Hernán Barcos a ESPN Brasil.

[Se você ainda não viu, veja agora.]

Grosso modo, nostro ex-atacante diz o que já sabíamos: que o Palmeiras tinha uma grande dívida com a LDU e com ele próprio (referente a salários atrasados) e que, dado o cenário, sugeriu a ele que aceitasse a boa proposta salarial do Grêmio (superior, embora não muito, aos R$150 mil que receberia aqui) e debandasse para o sul.

Ou seja, mais do mesmo.

Contudo, é claro que é possível achar vilões em qualquer um dos lado, se assim você desejar. Pode crucificar a diretoria por não ter sequer tentado segurá-lo, ainda mais em um momento em que ele era a nostra única referência; bem como pode-se taxá-lo de mercenário e dizer que ele forçou a sua saída com declarações sobre a seleção argentina, por exemplo.

Na minha humilde opinião, o negócio foi bom para os dois. Para o Palmeiras, que se livrou de mais uma dívida de milhões de reais e para o atleta, que recebeu aumento e foi jogar em um elenco claramente mais qualificado que o nostro. Da mesma forma, acho que não se discute o tal “fator visibilidade”, tão falado anteriormente – SP é SP, RS é RS e o cartaz daqui e mais luminoso que o de lá.

De resto, são clubes que hoje vivem boas fases. Barcos ainda não brilhou tanto nos pampas, nem o Palmeiras encontrou um dono definitivo da 9 (embora Alan Kardec pareça disposto a isso). Seguimos nós a nostra vida e segue ele a vida dele. Capicce?

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Hernán Barcos, Palestrinos, este é o cara.

Um atacante que chegou cheio de informações desencontradas, que era uma aposta, que causou (mais um) desconforto entre Felipão e Frizzo, o camisa 9 que usa a 29, o Pirata que impôs respeito a quem lhe chamou de Zé Ramalho. Um cara pacífico, centrado e, até agora, matador.

Não, ele não é um craque. Longe disso. Mas perto das opções que temos e tivemos no elenco recentemente, é uma dádiva. É um cara, no mínimo, diferente. A reação de todo palmeirense após o gol de rebote marcado por Maikon Leite na última quinta-feira, diante do Oeste, foi a mesma: “caraca, um atacante que chuta no gol!”.

Parece óbvio, mas não é. Um atacante objetivo é o que há de mais puro no futebol. Um cara que domina, gira e chuta; um cara que faz a sua função sem enfeitar. Ficamos tanto tempo sem ver isso no Palmeiras que é até encantador ver jogadas e gols como os de ontem acontecendo.

Se ele vai marcar mesmo 27 gols no ano eu não sei. Mas que ele já caiu nas graças da massa, isso eu tenho certeza.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

ldu_2104_marcao

Se não dá na técnica, palestrinos, vai na raça.

E foi assim, mais na pressão do que no toque de bola, que o nosso Palmeiras venceu a LDU na noite de ontem. E mais uma vez o tripé Marcos-Pierre-Diego Souza foi quem decidiu, com uma única diferença: o Marcos da vez não foi o careca, mas sim o cabeludo zagueiro Marcão.

Foi o camisa 13, totalmente na raça, quem abriu o marcador logo aos 3 minutos do 2º tempo. Diego, meia hora depois, ainda ampliou em um balaço do meio-campo. Dois gols de jogadores que vieram do Sul, dois jogadores de Grenal, dois raçudos inveterados.

E olha que podia ter tido mais, em dois bons lances de Keirrison. Mas 2 a 0 está de ótimo tamanho. Estamos na briga. E, mais do que isso, estamos brigando.

Siamo Palestra!

ldu_2104

ROJAS.

Read Full Post »