Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘meio-campo’

Chega de falar de arbitragem, Palestrinos!

Tenho total ciência de que fomos prejudicados ontem, diante do Goiás, mas não dá pra culpar somente juízes e bandeirinhas por resultados como esses. O que tem faltado a este Palmeiras diante e equipes fechadas é futebol em sua essência.

O que vimos ontem, em Goiânia, foi mais um exemplo de como não se jogar bola. Um time totalmente esparramado dentro de campo, sem nenhuma perspectiva de jogada nem mesmo alternativa para furar a defesa do adversário. E a verdade é que, cobre-se o ataque ou a defesa, nostro grande problema continua sendo o meio-campo.

Desde a saída de Gabriel – e a recente ausência de Arouca – estamos sem pai nem mãe na meiúca. Amaral parece aqueles cães de guarda velhos e cansados, Robinho erra absolutamente tudo o que faz, Zé Roberto não tem mais fôlego para aguentar jogos quarta-domingo-quarta e nostros suplentes (com aquele destaque negativo para Cleiton Xavier) tampouco parecem confiáveis. Não a toa Dudu recuou dentro de campo e virou referência na condução de bola das últimas partidas… O campo extenso do Serra Dourada apenas evidenciou ainda mais estes problemas todos.

Não sei qual a ideia de Marcelo Oliveira para resolver este buraco, mas a verdade é que sem um meio de campo estruturado, defesa e ataque vão seguir sofrendo. Na minha opinião, pouco adianta culpar Vitor Hugo, Victor Ramos ou Barrios por ineficiência, visto que falta proteção e apoio aos dois setores.

Ou ajustamos o meio ou vamos continuar vivendo de altos e baixos. Ora culpando atletas individuamente, ora culpando a arbitragem pelos resultados. Ninguém ganha ou perde um campeonato de 38 rodadas por causa de juiz, capicce?

Siamo Paletra.

ROJAS.

Read Full Post »

De fato, 2014 começou diferente, Palestrinos.

E não me refiro apenas a nossa volta à Série A; me refiro ao elenco.

Após o acesso e a renovação de contrato, Kleina ganhou alguns dos reforços com os quais tanto sonhava. A maioria deles, aliás, para os setores que mais nos faltavam: o meio ofensivo e o ataque. Chegaram Bruno César, Maquinhos Gabriel, Diogo, Rodolfo – além do “fico” de Leandro e as voltas de Patrick Vieira e Mazinho. O problema é que, ao cobrir os pés, descobrimos a cabeça.

Apesar da chegada de William Matheus para esquerda, Lúcio e Victorino para a zaga, além de França para a meia defensiva, perdemos justamente jogadores de marcação. Foram embora Vilson, Luis Felipe, Márcio Araújo, Léo Gago, Charles e, agora, o capitão Henrique (vendido para o Napoli por 4 milhões de Euros).  O que estava sobrando antes, falta agora – e vice-versa.

Levando-se em conta a falta de forma de Victorino, para a zaga, por exemplo, hoje temos apenas Lúcio, o improvisado Marcelo Oliveira e garotos da base. Para o meio, sem a presença do lesionado Eguren, nossos volantes para o momentos são apenas Renatinho e França (me nego a taxar Wesley de volante, dada sua natural característica ofensiva).

O gol que sofremos sábado evidencia a necessidade de buscar reforços para o setor defensivo. Por mais que a melhor defesa seja o ataque (e é nisso que nostro treinador em apostando), teremos de encarar momentos onde o time tem de se fechar e defender como pode. E aí, amicos, pode faltar a proteção que precisamos para o nosso miolo ainda desmiolado de zaga.

Valdívia, Bruno César, Leandro, Diogo e Kardec são mesmo importantes. Mas não se pode esquecer de que Henrique foi embora. É hora de garantir um ano tranquilo procurando mais opções defensivas.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Chegou mais gente pro meio-campo, Palestrinos!

Com 31 anos, Lincoln Cassio de Souza Soares – o popular Lincoln – vai assinar por 2 anos com o Palmeiras. O jogador que fez sucesso na Alemanha e estava no Galatasaray, rescindiu seu contrato com o time turco e deve chegar ao Palestra no final de semana.

Para vir, o meia terá que pagar uma multa rescisória de 2 milhões de euros, que será dividida meio a meio com o Palmeiras. Na minha opinião, vale a pena.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Me faltam palavras para descrever o que foi este gol, Palestrinos.

Já vi chapéu duplo do Alex contra os bâmbis, já vi também conta a bicharada César Sampaio driblar meio time e guardar no Zetti, já vi gol de falta do meio da rua do Roberto Carlos, mas o que presenciei ontem no Palestra foi extraordinário.

Nunca mais acontecerá. E eu e mais 26 mil palmeirenses vimos ao vivo.

Segundo meu irmão “Só um cara completamente louco que nem o Diego Souza poderia fazer um gol desse. Talvez o Edmundo também tentasse, mas, fora eles dois, qualquer cara dominaria a bola”. Eu assino embaixo.

E deixo também uma nova dica de xaveco para vocês usarem na balada: “Pô, você é mais linda que o gol do Diego Souza!”

Obrigado, Dieguito. Sou eternamente grato.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

mozart

Ok, pode ser um trocadilho de mau gosto entre o músico e o novo meio-campo do Verdão, mas o fato é que Mozart chegou para jogar.

Volante da linhagem dos dedicados, o ragazzo é aquele mesmo loirinho de cabelos encaracolados que apareceu no Coritiba, passou pela Seleção Olímpica de Luxa e depois passeou mundo afora antes de chegar ao Palestra.

Se é bom ou ruim, hoje, só San Genaro sabe. O menino vagou pela Rússia nos últimos anos e ninguém o vê jogar faz tempo. Todavia é bom ver que o Palmeiras – e não a Traffic – foi atrás de um reforço para a lacuna deixada por Edmílson e Sandro Silva.

Só espero que o fôlego dele, agora com 29 anos, ainda seja o mesmo.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »