Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ortigoza’

Fim de festa, Palestrinos.

E com a vassoura na mão, é hora de juntar os cacos e planejar 2010. Tem contrato acabando, tem contrato que só começou (mas já deve ser rescindido), tem jogador para emprestar, doar, vender, comprar… vamos ao catadão de final de ano. Vamos brincar de ser Muricy.

DISPENSAS
Com contrato acabando, é bem claro que Jefferson, Henrique e Paulo Miranda deixarão o elenco. Eles chegaram como tampões e não renderam nada. Nesta barca, eu juntaria ainda mais algumas figuras, como Marcão, Edmílson, Jumar, Marquinhos e Willians.

Com o nome Marcos, no nosso time, só o santo.

COMPRAS
Danilo e Ortigoza têm que ser adquiridos. Nenhum dos dois é um primor de categoria, mas são dois jogadores raçudos e dedicados que mostraram gostar da camisa do Verdão. Parece que a negociação anda difícil, mas será necessário (mais) um esforço da diretoria.

VENDAS, EMPRÉSTIMOS E ROLOS
Maurício Nascimento será mesmo emprestado. Dizem, para algum time da Série B, estilo Coritiba, para amadurecer. E, pelo ocorrido, parece justo. Quanto a possíveis vendas, é muito difícil dizer algo. Quem pode receber proposta (Pierre, Diego Souza e Cleiton Xavier), só sairá em caso de clubes europeus abrirem os cofres em janeiro – o que não é nada normal, já que é o meio da temporada para eles.

E você, quem acha que deve ser dispensado do Verdão para 2010?

Amanhã tem post sobre quem você acha que pode reforçar o Verde.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

palxgoi_2910

É disso que eu estava falando, Palestrinos!

Uma vitória com “V” maiúsculo, bonita, jogada, na raça e na bola. Uma vitória pra recuperar de vez a moral e a liderança. Uma vitória para sacudir todos os outros e mostrar que sim, o campeonato tem um dono – e já são 18 rodadas. Rumo ao Penta!

O JOGO
Muricy preferiu a cautela. Mandou o time pro campo num 3-5-2 onde Diego, Ortigoza e Obina ficavam mais soltos, enquanto que a proteção era feita por Souza e Edmílson. E o time começou bem. Mas errou tantos cruzamento que o Goiás achava contra ataques perigosos. Mas isso durou só até os 30 minutos.

Dessa vez o destino nos ajudou e Edmílson teve que sair de campo, dando lugar a Sandro Silva. Não que eu torça contra nostro camisa 3, mas ele simplesmente deixava Romerito jogar completamente livre – tal qual Pet jogou. E com mais uma opção pela direita, o time melhorou.

Só não marcou antes do intervalo, porque Obina parou em Harlei e Dieguito parou na trave. Veio então o segundo tempo e, sem exageros, veio um atropelo.

Antes dos 5 minutos, Souza ganhou duas divididas e rolou com carinho para Obina fazer 1 a 0. Sai, zica! E aí percebemos que só precisava entrar uma bola para a fase boa voltar. Aos 29, após pênalti claro em Ortigol, nostro Obinão fez outro. E quem faz dois, faz três…

No lance mais incrível da partida, Obina deu um passe magistral de calcanhar para Deyvid e o garoto não perdoou: 3 a 0, festa no chiqueiro!

E olha que ainda deu tempo do matador de gambás meter seu 3º no jogo, recebendo outro passe açucarado e batendo no cantinho. Verdão 4 a 0, com chuva e garra, pra lavar a alma.

O MELHOR
Três gols e uma assistência de fazer Ademir da Guia sorrir nas tribunas: Obinão foi o cara ontem. (e destaque-se também Souza, Diego e Danilo.)

O PIOR
Edmílson. Jogou apenas meia hora, mas repetiu as atuações fracas dos últimos jogos. Marcão e Maurício também assustaram, mas ontem era tudo nosso.

IMPRENSA
Já que fui mal compreendido por um palestrino, explico de novo: eu, particularmente, não acho que a imprensa tenha culpa de algo. Ela vive disso: quando ganha, exalta; quando perde é crise. Mas o time estava engasgado. E foi sim uma resposta a la Maradona. “Que le chupem!”.

MASSA
Mais um show das arquibancadas. Mais uma vez gritando sem parar. Eu estava lá novamente e posso dizer com propriedade. Não a toa o time todo aplaudiu a torcida ao final do jogo.

É DOMINGÃO ENTÃO?
O aquecimento foi bom. Que venha a gambazada domingo, às 16h, em Presidente Prudente. Vai ser sensacional.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxint_2208

Sem dúvidas, o sábado foi animador, palestrinos!

Não só pela ótima vitória frente aos vermelhinhos, mas pelas atitudes que puderam ser vistas no Palestra. Muricy escalou o time pra frente, o time TODO teve pegada, a torcida apoiou do início ao fim e nem os desfalques desanimaram o Verdão. Isso sim é Palmeiras!

O JOGO
Jogando com casa cheia, finalmente o Palmeiras jogou no 4-4-2 (boa, Muriçoca!) e foi pra cima no início do jogo. Não criou nenhuma chance muito clara de gol, mas ao menos tomou a iniciativa do jogo. Nem a lesão de Cleiton Xavier, logo aos 10 minutos, estragou o ímpeto inicial.

Afinal, se não criava tanto, o ataque corria. Obina e Ortigoza me mexeram o tempo todo, enquanto Souza e Edmílson simplesmente destruiam as jogadas do Inter uma após a outra. Deyvid estava meio perdido e Diego bem marcado, mas Armero estava bem e compensava pelo lado esquerdo.

Quando Diego Showza acordou, porém, a chapa ficou quente! Ele pedalou, sofreu um pênalti e o Obinão converteu com categoria. Verdão/Azulão 1 a 0 ao final do primeiro tempo.

E mal começou a segunda etapa, Ortigol foi mais do que oportunista e meteu o segundo na caixa da gauchada. Sem recuar, o time criou mais e teve mais chances (uma claríssima com Armero). Só que de tanto bater e voltar, sofremos no fim: Giuliano fez um belo gol e os coloradinhos tentaram até o fim.

Só que a raça italiana falou mais alto. Aqui é Palmeiras, Dio mio!

O MELHOR
Difícil dizer quem foi o melhor. Souza e Edmílshow foram perfeitos, a zaga foi muito bem e, toda a vez que pegou na bola, Diego deu show (chapéus, dribles, chutes).

Mas dessa vez eu vou ficar com o nosso prata da casa, Showza.

O PIOR
Difícil, hein? Acho que podemos falar em quem foi mais discreto. E o mais discreto foi Wendel.

CARAS NOVAS
Fiquei impressionado com a atuação de Maurício na zaga. Depois de tanto tempo sem jogar, o camisa 33 parecia um veterano jogando ao lado de Danilo. Ganhou todas. A pergunta é: por quê diabos ainda escalam o Marcão, cazzo?!

Já Deyvid Sacconi entrou meio perdidão, mas depois se soltou. Deu carrinho, lançamento certeiros e mostrou que pode ser ótima alternativa quando precisarmos.

FESTA NO CHIQUEIRO
Agora é festejar e esperar domingo. Vitória em casa, camisa nova maravilhosa e bambizada perdendo com gol de Paulo Baier. Só pra repetir o que cantamos nas arquibancadas: “Olê lê lê, ola la la, se segura bicharada que o bicho vai pegar!”.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

 san marcone again

Merecíamos ter vencido no Mineirão? Sim.
Depenamos a galinha mineira na própria granja? Sim.
Mas o empate é mau resultado? Não. Longe disso, aliás.

A chance perdida por Cleiton Xavier e o belo chute de Diego Souza já no final podem fazer parecer que o resultado foi ruim; mas se pensarmos no pênalti defendido por São Marcos, até que foi bom.

O JOGO
Mal começou a pelada e Marcão fez mais uma lambança com o nostro manto verde: foi dominar uma bola na meia lua, deu uma canelada e entregou de bandeja pra Éder Luis. Aí o atacante chutou e nosso goleiro santo acabou falhando.

Mas mesmo com o estádio lotado e com um gol sofrido logo de cara, o Verdão era melhor, bem melhor. E, atrás do resultado, foi pra frente. Sandro Silva e Souza foram leões, se movimentando muito e chegando na linha de fundo. Na frente, Ortigoza tentava e brigava junto com Diego Souza.

E o gol de empate chegou aos 34 minutos, justamente com os dois homens de frente. Diegol fez linda jogada e cruzou na cabeça de Ortigol: 1 a 1.

Com o empate veio o segundo tempo e com o segundo tempo veio o ânimo. Tivemos um lance dentro de área e uma bola na trave antes dos 10′! Mas, dois minutos depois, o susto: Wendel fez pênalti idiota num jogadorzeco deles. Aí colocaram um menino de 20 anos pra bater e…

MARCOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS!!! De novo ele, nostro Santo pegando mais um pênalti pra sua imensa coleção – e ainda se redimindo do erro no gol.

Depois disso só deu verdão. Cleiton Xavier perdeu o gol mais feito do ano aos 30 minutos e, já aos 45′, Diego Showza quase fez um golaço. Ficamos mesmo no empate. Um empate de líder!

O MELHOR
Difícil apontar um, o meio todo foi bem. Souza foi um leão. Mas Diego foi mais decisivo e fica com a honra.

O PIOR
Precisa falar? Marcão não só é atrapalhado como tem o azar de Rubens Barrichello. Devia mudar de nome… que tal Paulo Turra?

SÃO MARCOS
É hipocrisia omitir a falha no gol sofrido. O Santo errou.

Mas não só assumiu a culpa na hora como ainda pegou um pênalti. Ele é o cara! Tem créditos etenros conosco, ainda que a Globo tenha tentado fazer dele o vilão do jogo, filmando-o seguidas vezes durant eo 1º tempo.

LÍDERES?
Sim, e continuaremos na ponta. Sábado tem Botafogo no Palestra e certamente voltaremos a vencer.

palxatlmg_1208

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxfla_1507

São tantas emoções, bicho!

E não é que vencemos? Jogando num gramado castigado pelo show do Rei Roberto Carlos, no último domingo, o Verdão deu show no 1º tempo e venceu o Menguinho por 2 a 1 – chegando aos 22 pontos e à vice-liderança.

PRIMEIRO TEMPO MESTRE
Tocando muito bem a bola e anulando as jogadas ofensivas do Flamengo, os primeiros 45 minutos do Palmeiras foram perfeitos. E logo aos 23 minutos, numa recuada medonha da zaga-urubu, Diego Souza aproveitou a sobra e bateu com força no cantinho: 1 a 0 Palestra.

Então, pressionado, o time da casa se enfraqueceu. Quase Diego Souza fez o segundo dele e nosso, mas foi Ortigol quem ampliou. Aos 43′, Pierre – pra variar! – roubou ótima bola e Cleiton Xavier só rolou para o gol do paraguaio.

SEGUNDO TEMPO DE SUSTOS
A segunda etapa começou elétrica: enquanto eles tentavam atacar, nós contra atacavámos muito bem. O jogo estava do jeitinho que o porco gosta. Só que um vacilo mudou tudo: Danilo cometeu pênalti na Imperatriz Leopoldinense e tomamos o gol.

A partir daí, foram 20 minutos de pressão incessante. Mas nós temos Marcos! E ele garantiu a vitória até o fim.

JORGINHO
A troca de Edmílson por Sandro Silva foi acertada, pois nosso camisa 3 estava cansado. Já a entrada de Fabinho Capixaba nunca é acertada. E a última troca, na minha opinião, foi totalmente errada: melhor seria colocar um garoto rápido pra incomodar lá na frente.

Mas no geral, valeu pelo 1º tempo e pelo espírito do time.

E AGORA?
Agora é embalar, palestrinos! Temos o Santo André em casa no sábado, Goiás fora na quarta e Curintinha no outro domingo. Que tal assumir a liderança, hein?

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxvit_0706

Pouco a falar sobre a virada de ontem, 2×1 no Vitória.

São Marcos foi São Marcos mais uma vez.
Pierre foi Pierre Guerreiro mais uma vez.
E Ortigoza foi Ortigol mais uma vez.

Isso sem falar que Jefferson continua Jefferson e Mozart continua Mozart. Já está na hora de colocar o Souza de titular sempre! E de entender que, de vez em quando, Diego Souza não vai resolver o jogo.

Bem ou mal, o Verdão venceu. E era disso que precisávamos.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

ortigol_0505

Você pode argumentar que o Palmeiras meteu duas bolas na trave, que finalizou 13 vezes (contra somente 3) e que teve pênalti não marcado a seu favor. Mas o 1 a 0, palestrinos, ficou de bom tamanho.

Isso porque vamos jogar no Recife semana que vem podendo empatar. E, caso façamos um golzinho (e vamos fazer!), podemos perder por um de diferença. No mais, vejamos…

SURPRESA TÁTICA
Luxa entrou em campo com um ousado 4-1-2-3, onde somente Pierre ficava fixo junto a zaga e Cleiton Xavier fazia vezes de segundo volante. A “surpresa”, no entanto, não surtiu efeito já que a dupla Marquinhos-Willans foi mal.

DEFESA ATENTA
Apesar de terem sido amarelados ainda na 1ª etapa, Maurício Ramos e Danilo foram muito bem. Danilo um pouco lento em alguns lances, mas Maurício impecável (por baixo e por cima). Nas laterais, Wendel marcou bem demais e faltou coragem pra Armero. No gol, sem comentários: Marcos é sempre São Marcos.

MEIO MELHOR NO 2º TEMPO
Quado Luxemburgo consertou o que havia tentado fazer no primeiro tempo, a equipe melhorou. Com Mozart ao lado de Pierre, Diego Souza foi pro ataque de vez e Cleiton também ganhou liberdade: melhor assim, professor.

A ZICA DO K9 e A ESTRELA DE ORTIGOL
Keirrison, mais uma vez, deu azar. Correu, pressionou a saída de bola, teve duas boas chances, mas a bola não está mesmo entrando. Já Ortigoza, com seu estilo bumba-meu-boi entrou muito bem mais uma vez e ainda fez o gol do jogo.

TRAVE MALDITA
Puxando pela memória, eu já lembrei de umas 6 bolas na trave que mataram a gente até aqui na Libertadores. Teve contra a LDU, contra o Colo Colo aqui, duas no Chile, além das duas de ontem. Será que a trave cresce contra o Verdão?

O JOGO DE VOLTA
Terça que vem, lá na Ilha, o jogo é de contra-ataque. Devem voltar os 3 zagueiros com Marcão pela esquerda, e é bem provável que Diego faça o 2º atacante junto com Keirrison (com Mozart ao lado de Pierre e Armero bastante livre).

Ou seja: é tudo nosso!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Older Posts »