Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ronaldinho gaucho’

Você queria Ronaldinho Gaúcho, Palestrino?

De forma bastante enfática, eu confesso que não. E, objetivamente, dou três motivos básicos: porque me parece notória a má vontade dele em se esforçar para jogar bola, porque chorar por isso é sinal de total desespero e – o mais importante – porque o seu empresário é um otário.

Sério. Pensem qual foi a última vez que vocês viram Ronaldinho jogar bola. Mesmo. Com vontade, se esforçando, repetindo aquela sede de dribles e gols que vimos na Europa. Eu me lembro de dois ou três jogos no ano passado (nenhum deles na Libertadores) em que ele tenha chamado a atenção de alguém que não seja um baba ovo confesso do que grande jogador que ele já foi, mas não é mais.

Outra coisa que me tira do sério é ver torcedor de mimimi porque ele salvaria o centenário. Pelo amor de San Gennaro, isso que é baixa auto estima! Embora seja óbvio que o meia seja muitíssimo superior tecnicamente ao que temos a disposição no grupo, não justificaria R$600 mil mensais. Se é pra ter jogador supervalorizado e inútil, fiquemos com Valdivia e Wesley que já está de ótimo tamanho.

Por fim, Assis é um dos maiores imbecis que o ramo do futebol já viu. Galgado em um passado glorioso, oferece seu irmão a peso de ouro, fazendo reivindicações que nem Cristiano Ronaldo deve fazer ao renovar com o Real Madrid. Já é a terceira vez que este senhor negocia com o Palmeiras e, na hora de fechar, coloca coisas a mais no contrato esperando que algum time sério pague. Quem pagou, sabe-se, é o bagunçado Flamengo e o abastado Kalil. Não a toa Ronaldinho foi oferecido para todos os times dos EUA e do Oriente Médio sem receber nenhuma proposta de volta…

De verdade, amicos: somos o Palmeiras! Embora em má fase técnica e administrativa que parece não ter fim, somos um gigante. Campeões do Século XX, com milhões de torcedores, com um camisa inestimável… ser extorquido por um jogador semi-aposentado é ridículo. Isso, sim, é apequenar o clube que somos.

Ganhar Ronaldinho Gaúcho de presente no centenário seria como ganhar cuecas de marca no Natal: embora o presente seja caro, está bem abaixo do que esperado.

Vamos discutir mais as soluções para a nostra política e menos contratações estapafúrdias como esta. Afinal, é isso – não um jogador de showbol – que vai mudar o destino do Palmeiras.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Pela milésima vez voltamos ao assunto Ronaldinho, Palestrinos.

Ou seja, voltamos ao zero. Porque eu tenho certeza absoluta de que esse papo não vai a lugar algum. Bem como não foi Riquelme no início do ano e como tem acontecido sempre que ligam o nome de qualquer grande jogador ao Palmeiras nos últimos 10 anos.

Que fique claro que eu não falo de qualquer jogador e que eu entendo que não se pode trazer atletas a qualquer custo. Falo de jogadores com nome e com bola que, acima de tudo, poderiam “se pagar” com um trabalho bem feito de engenharia financeira. E Ronaldinho Gaúcho pode, sim, ser um caso destes.

Falando em motivos por alto, o meia tem grandes patrocinadores individuais (o que garante que ele tem também um valor de mercado razoável), um batalhão de fãs espalhados pelo mundo (pensem em amistosos internacionais, visibilidade para o clube, bilheteria) e nunca jogou em São Paulo (seria novidade). Em outras palavras: se o nostro marketing realmente fizesse seu trabalho, já teríamos feito uma proposta real pelo atleta.

Funciona assim com ele, mas também funcionaria com outros grandes jogadores. E aqui nem falo de Riquelme que, para mim, já é um aposentado em atividade (vi sua estreia pelo Argentinos Jrs e, apesar do gol em falha do goleiro, ele cansou em 15 minutos). Mas pensem como não seria bacana e importante ter por aqui um Del Piero (hoje na Austrália), Diego Milito (no Racing argentino) ou mesmo Puyol, Cannavaro e Inzaghi (que se aposentaram recentemente, mas ainda teriam fôlego e futebol pro nível do futebol brasileiro)?

Não é impossível. Não foi quando nostro maior rival provou para Ronaldo que ele ganharia em jogar por aqui, não foi quando Seedorf apostou no Botafogo e nem tem nos atuais casos de Robinho e Kaká. Se eles podem, também podemos nós.

Mas para isso é preciso trabalho. Sério e bem feito. O que parece que, infelizmente, não temos já faz alguns anos.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Ronaldinho Gaúcho: esse é o nome da vez, Palestrinos.

Melhor jogador do mundo por duas vezes consecutivas e pentacampeão do mundo pela Seleção, é inegável que se trata de um craque. Um nome de peso para o futebol e os patrocinadores. Um ícone. Mas, na minha opinião, um esforço que não vale a pena.

Não que eu duvide de sua capacidade técnica; dentro de campo, ele é, sem dúvidas, um dos maiores que eu vi jogar. O que me traz um sentimento de excesso é o dinheiro que teria de ser envolvido para trazê-lo. Segundo a imprensa européia, o Milan pede 8 milhões de euros por 18 meses de empréstimo! Sejam sinceros: é um absurdo.

O Palmeiras não tem condições de bancar isso e, ainda que tivesse, seria uma loucura. Oito milhões por um empréstimo, mais salários e luvas, resultariam em uma quantia extremamente voluptosa e desnecessária. Por isso, Palestrinos, recomendo que sonhem sim, mas que não sonhem tanto.

Para o Palmeiras de hoje, mais vale um Rivaldo vindo do Avaí do que um Ronaldo vindo da Itália.

REFORÇOS
Rivaldo, Luan e Fabrício. Todos jogadores de nível intermediário, todos jovens, todos chegando apenas para reforçar o elenco. Não dá pra dizer que nenhum deles será titular, mas, dado os atuais problemas de contusão e cartões, vêm para ajudar. Nem mais, nem menos que isso.

PARABÉNS, MARCÃO!
E ontem foi aniversário dele, São Marcos. Todos os parabéns do mundo para o melhor e mais abençoado goleiro que existe! Que esses 37 anos virem 40 com ele ainda em nossa meta.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Muita calma nessa hora, Palestrinos.

A notícia é do Blog do Neto no Yahoo!, saiu hoje e ganhou proporções inimigináveis rapidamente. Claro que é uma notícia que anima e empolga, mas, sejamos francos, está longe de ser crível agora.

Primeiro porque negociações como essas demoram e, com a nostra diretoria, elas demoram o dobro que o normal. Segundo porque nunca se congitou isso antes (e é difícil algo assim ficar no sigilo muito tempo). E terceiro porque a notícia é do Neto, um cara que até tem acesso aos bastidores do futebol, mas que não coloco entre os principais (vide a discussão recente com São Marcos).

Resumindo, eu também estou animado, mas acho difícil. Não vamos nos iludir nem esperar que isso ocorra mesmo. Se acontecer, excelente; se não, normal, segue a vida.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »