Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘santo andré’

 

Sejamos honestos, Palestrinos.

O nostro time, hoje, é muito mais Santo André do que Santos. Por isso espero de coração que todos os jogadores do Verdão tenham assistido ao jogo que aconteceu ontem no Pacaembu e reparado muito mais nos “Rômulos” do que nos “Gansos”.

Afinal de contas, se é verdade que temos no máximo três jogadores que podem resolver um jogo sozinhos, é também verdade que temos mais de vinte que podem fazer a diferença se estiverem ligados e afim de suar pra valer em cada partida.

Claro que somos feitos de Cleitons, Marcos e Diegos, mas o fato é que dependemos muito mais de Pierres, Edinhos e Roberts. E precisamos entender que isso não necessariamente é ruim. Não é o fim do mundo ter o elenco que temos hoje; basta olhar os demais elencos do país.

Portanto, caros jogadores, quando entrarem em campo diante do Atlético neste quarta, eu peço apenas sejamos mais Ramalhão e menos Peixe. Pela vaga na Copa do Brasil e pelo bem do Palmeiras.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Não, Palestrinos, eu não bebi ontem.

Mas a dor de cabeça, a cara amassada e aquele gosto amargo na boca são os mesmos de uma ressaca monumental. Não dormi direito e ainda não me conformo com o que se passou ontem no Palestra. Fomos simplesmente dominados por um timeco do ABC; repito: dominados!

Será que uma figura como Diego Souza consegue deitar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilamente? Porque eu sei que alguns poucos como Marcos, Danilo e Pierre ainda têm vergonha na cara. Mas e Marquinhos, Diego, Lenny? Souza eu não cito porque ele não fez corpo mole – ele é limitado mesmo.

Não quero e nem vou comentar o jogo. Apenas alguns pontos…

SÃO MARCOS
Quanto ao nostro Santo, cabem duas colocações diferentes: sobre a sua atuação e sobre a sua declaração.

No jogo de ontem, realmente Marcos não foi bem. Rebateu bem mal a bola do 2º gol e ainda soltou outra na seqüência, que só não terminou em gol porque o cara do Sto. André estava impedido. Ele falhou, mas é só isso. Quantas grandes defesas ele não fez só neste ano? Tem muito crédito.

Agora, quanto às declarações, todos nós conhecemos o Marcão. Ele sai de campo assim como eu sai do Palestra ontem: de cabeça cheia, irritado, chateado. Ele disse que jogaria até o final do ano que vem e vai jogar. Ele vai se acalmar e rever a “aposentadoria”.

DIEGO SOUZA
Esse é um grande mistério do futebol. Está certo que o time todo parecia cansado em campo, mas o Diego se arrastou. Ele não correu, não chutou, não tabelou, se escondeu e ainda cavou a expulsão (reparem no lance: ele chuta o cara do nada, no meio-campo).

Continuo o achando um baita jogador, mas, com essa vontade não há quem resista.

OS SEM CHANCE
Marquinhos, Lenny e Armero simplesmente não podem usar a camisa do Palmeiras. Todos são esforçados, todos correm, mas de que cazzo adianta correr se eles não produzem nada com a bola nos pés?! São nulos. O Armero perdeu um gol ontem que nem minha mamma perderia… o Lenny só corre… e o Marquinhos erra tudo o que tenta fazer.

Esses precisam sair. Hoje.

OS FRACOS
Edinho, Eduardo e Souza não foram bem também, mas entram em outra categoria: eles são mesmo limitados. Correm, batalham, mas nunca farão uma grande partida porque simplesmente não são craques. É bem diferente dos citados acima, que têm qualidade, mas nunca jogam.

ROBERT
Acho que eu fui um dos maiores críticos do Robert. E justamente por isso que o cara merece minhas desculpas: em 2010 ele é, disparado, o cara mais esforçado do time. Corre, pula, sai da área, volta, marca… sem dúvidas, o melhor em campo ontem e nos últimos 3 jogos. Palmas para ele.

ANTÔNIO CARLOS
Na minha opinião, perdendo por dois, acertou ao colocar um atacante no lugar de CleitonX. E depois acertou de novo em colocar Ivo (aliás, bela surpresa esse garoto). Mas errou em quem tirou, acabou por deixar o time tãomuito exposto e, claro, por deixar Diego Souza – visivelmente nulo – em campo.

No entanto, prefiro dar mais tempo a ele.

A MASSA
Hoje não vou falar mal da torcida. Até a equipe tomar o 3º gol – que foi mesmo a gota d’água -, todo o Palestra cantou e incentivou (inclusive a sempre chata Mancha Alviverde). Depois disso, não há santo (nem Marcos) que aguente. Quem, assim como eu, pagou R$30 para ver aquele horror de ontem, poderia protestar livremente.

E ainda assim… Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Hoje é dia de Verdão, Palestrinos.

Jogo difícil e importante diante do vice-líder (e sempre chato) Santo André no Palestra Itália, a nostra casa. Isso mesmo, casa. No mesmo lugar onde deveríamos brilhar sempre, mas sofremos em jogos fáceis contra Portuguesa, Ituano e São Caetano – e onde estamos sofrendo faz alguns anos.

Ontem, em entrevista, Antônio Carlos criticou – ao meu ver, corretamente – os pontos que perdemos em casa neste Paulistão e disse que estes fazem toda a diferença para a atual tabela de classificação do torneio. E agora é justamente a hora de mostrar nostra forzza em casa, Kojac, pois temos o azulzinho do ABC e depois o Sertãozinho no Palestra.

Chega desse negócio besta de dizer que o Palmeiras fica nervoso em casa. Precisamos ir pra cima sempre, jogando bem e pressionando quem vem nos visitar (independente de nome ou tamanho). Vamos todos ao Palestra hoje, incentivar, cantar e vibrar com o nosso Alviverde inteiro.

Sempre lembrando que aquele gambá nojento do Nunes joga lá…

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palxsto_2110

Não vou explicar tudo de novo, Palestrinos.

De novo começamos melhor e paramos ao tomar um gol.

De novo pecamos naquele último passe na entrada da área.

De novo Edmílson dormiu durante o jogo inteiro.

De novo nossos meias foram nulos.

De novo a defesa bateu cabeça.

De novo só Vágner Love tentou buscar jogo.

De novo Marcos nos salvou de um vexame maior.

De novo perdemos pra um time sem expressão nenhuma.

E, de novo, estamos dando chance pros outros times chegarem.

Vamos entregar assim mesmo, de mão beijada, um título tão nostro?! Eu já não sei de mais nada. Cadê a raça, cazzo?!

A única coisa que sei é que Siamo Palestra! Sempre!

ROJAS.

Read Full Post »

sem torcida

É agora ou nunca, Palestrinos!

Ou voltamos a vencer hoje, deixando as concorrentes todas afoitas, ou simplesmente continuamos a lamentar que o campeonato pode fugir de nossas mãos. O Santo André não é fraco em casa, mas o Palmeiras tem que se impôr – afinal, eles não têm torcida.

O VERDÃO
Marcos; Figueroa, Maurício, Danilo e Armero; Edmílson, Souza, Cleiton Xavier e Diego Souza; Vágner Love e Robert (Obina/Ortigoza).

Depois de alguns jogos, este é verdadeiramente nostro time titular. Sem desfalques, no 4-4-2 clássico, para ganhar e voltar a embalar rumo ao penta.

OS SEM TORCIDA
A zaga deles é fraca, os laterais são improvisados, o volante é o Fernandão (com 40 anos) e a armação depende do Fregueisinho Carioca. Cuidado mesmo, apenas com o boliviano Pablo Escobar pelo chão e com o estúpido do Nunes pelo alto (foi este idiota que imitou um porco na decisão da Copa São Paulo de Juniores alguns anos atrás, lembram?).

COMO JOGAR
O “segredo” é o mesmo de sempre: bola nos meias e, se não rolar, abrir com os laterais. Edmílson e Souza precisarão estar mais ligados do que nunca e, é claro, o básico é evitar faltas perto da área.

Figueroa e Armero serão ótimas armas ofensivas hoje.

QUE HORAS É MESMO?
Às 22h, na Globo ou na Bandeirantes, com todas as outras torcidas no secando (já que o próprio Sto André não tem torcida nenhuma). Da última vez que isso aconteceu, o Cruzeirinho tomou uma lapada em casa – e com um a mais em campo!

PALPITES
O meu é 2×0 Verdão, gols de Diego e Love. E o seu?

Pra cima delas, Verdão!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

dieguito_bora

Eis a palavra da semana, Palestrinos.

A mesma começou a ganhar força ainda no domingo, logo após o jogo contra a urubuzada, quando Marcos falou com que “Personalidade não se treina”. E ganhou ainda mais status nesta segunda, quando Diego Souza concordou com nostro Santo capitão e disse que é hora de se reerguer.

Eu, pessoalmente, concordo com ambos.

E não que tenha sido apenas isso o que derrubou o Palmeiras no final de semana, afinal o próprio Diego foi extremamente apático. Mas que fez falta, ah, isso fez!

No dicionário, uma das definição da personalidade é “individualidade consciente” – o que faz muito sentido também para o futebol. Quem joga no Palmeiras tem que saber onde está e colocar em campo tudo o que pode, seja física ou psicologicamente.

Se apequenar e deixar abater nunca vai ajudar.

Portanto, nesta quarta, diante do Santo André, nós queremos ver personalidade. E muito, muito mais futebol.

Raça, Verdão, você é campeão!

PS: Entendam positivamente o “medo” de Diego em perde ro título. Ele não falou isso como se estivesse assustado; apenas assumiu que perder o caneco seria vergonhoso para todos. O que, diga-se de passagem, é ótimo.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

vitxint_1909goixcru_2009chupassss

Palestrinos, a rodada foi simplesmente perfeita.

Dos nossos 4 concorrentes mais próximos, não só nenhum venceu, como os que estavam na nossa cola tropeçaram feio. O Inter tomou 2 a 0 do Vitória – e deveria ter sido mais! -, o Jêison da Vila Sônia parou no Santo André (hahaha!), o Atlético/MG empatou com o Náutico e, só pra fechar, o Curintinha tomou logo 4 do Goiás em casa.

Dio mio, isso que é rodada.

Na quarta, é hora do time colocar a cabeça no lugar e enxergar bem o cenário: com uma vitória no Mineirão, abrimos 3 pontos e partimos para uma seqüência de jogos muito favorável.

Teremos Atlético/PR em casa, Santos fora, Avaí em casa, Náutico fora, Flamengo em casa e Santo André “fora”. Percebem? São jogos para se firmar como favorito, cazzo…

Pra cima das raposinhas freguesas!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Older Posts »