Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘são caetano’

Nós voltamos, Palestrinos.

Pela segunda vez e sem jamais, de fato, ter ido. Mas voltamos.

Sem festa, sem frenesi e sem fechar avenida. Mas voltamos.

Sem barulho, sem badalação, sem embalar. Mas voltamos.

E voltamos porque somos Palmeiras. Não porque tivemos um time melhor, não porque os adversários eram fracos demais, nem porque era obrigação. Não voltamos porque a torcida abraçou o time e o time abraçou a torcida; voltamos porque o Palmeiras nos abraça.

Voltamos porque, por mais que as estatísticas frias e cegas nos rebaixem dizendo que fomos, que caímos e que cairemos de novo se nada mudar, a força e história de uma Societa Sportiva Palestra Italia é muito maior do que números e opiniões.

Voltamos dentro de campo e voltamos também fora dele. Somamos pontos e vitórias suando em campo, mas somamos ainda mais alegrias e esperança de um futuro melhor vendo tantos sorrisos moleques de crianças e adultos na arquibancada.

(E nem venha me dizer que meia dúzia de imbecis picharam, xingaram e cobraram, porque, acima de tudo, eles não são Palmeiras. Nós – os que entendem as limitações, apoiam as mudanças e torcem o coração até ele virar o mais forte dos músculos – é que somos.)

Voltamos porque aqueles números na camisa – seja ela amarela, verde ou branca – dizem pouco ou quase nada se comparados ao escudo que fica no lado oposto do manto. Pelas cores, pela bandeira, pela crença, pelo credo, pela dor e pelos cantos. Voltamos porque, em bem da verdade, quem foi Seleção Brasileira jamais será segundo segundo escalão.

Voltamos porque somos grandes, gigantes, imensuráveis. E porque se a dureza do prélio não tarda, temos certeza de que nostro Palmeiras estará no ardor da partida, transformando a lealdade em padrão. Voltamos, Palestrinos, porque sabemos levar de vencida e mostrar que, de fato, somos campeões. Volta, Palmeiras.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Empate normal neste domingo, Palestrinos.

Após uma grande jornada na quarta e tantas vitórias consecutivas, é normal que este zero a zero destoe um pouco. No entanto, é bom lembrar, o Palmeiras é um time em formação e altos e baixos são bastante corriqueiros.

A equipe jogou abaixo do esperado, nem Daniel nem Valdivia foram bem, Barcos pecou nas finalizações, a defesa parecia tensa e Felipão foi um pouco cauteloso demais nas mexidas. Agora teremos uma semana inteira para nos prepararmos para o duelo de domingo, diante do Botafogo, em Ribeirão Preto.

E embora não me pareça nada provável que Felipão faça isso, gostaria de registrar aqui uma sugestão para ele: Mestre Felipone, por favor, faça um teste para vermos como se sai o Palmeiras mais ofensivo. Afinal de contas, se perdermos no domingo não será o fim do mundo… Serão oito os classificados, qual o problema em arriscar de vez em quando?

Então, por favor, pegue o jogo de domingo e escale Daniel Carvalho, Valdivia, Maikon Leite e Barcos juntos. Tente, só por 45 minutos! Não estou esquecendo da partida de quarta, pela Copa do Brasil, lá em Maceió. Só quero ver, ao menos uma vez, um Verdão mais ofensivo do que o de ontem.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

Obviamente que é inadmissível, Palestrinos.

Perder para o São Caetano, em casa e por goleada, não dá. É um resultado preocupante, um jogo preocupante e algo que não esperamos ver novamente tão cedo. Mas, daí a dizer que é o fim do mundo, que Muricy precisa sair agora e que vamos cair no Brasileiro é forçado demais.

O que vimos ontem, em campo, é apenas o reflexo de um elenco que ainda está com carências. O problema do ataque, por exemplo, parece uma novela. As laterais ainda estão fracas. E, claro, faltou muita organização no meio-campo.

Mesmo com 3 volantes, a proteção foi absolutamente nula. Claro que aí entra a parcela de culpa de Muricy Ramalho. Contudo, volto a dizer, não acho que ele seja o grande culpado por tudo. Colocar a culpa no treinador quando se toma dois gols de Eduardo e um golaço de Luciano Mandi é até sacanagem.

Muricy é culpado. Cipullo é culpado. Belluzzo é culpado. Os jogadores também o são (pra variar, salvaram-se São Marcos, Pierre e Diego Souza). Mas é hora de acertar a casa. Domingo tem clássico com a bambizada e começar o apocalipse agora seria uma burrice sem tamanho.

Espero que todos entendam a situação. E que fique bem claro: é início de temporada, porém o Carnaval acabou. Vamos esperar o que acontece no domingo – e, dependendo do desempenho da equipe – vamos começar a cobrar com forzza.

Sempre… Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »