Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘terça-feira’

Quando tem jogo no Pacaembu, meu ritual é sempre o mesmo, Palestrinos. Antes de sair de casa para trabalhar eu preparo um kit camisa + boné + tênis verde, deixo guardado e me preparo física e psicologicamente para ir ao estádio.

O problema é que tem vezes que dá e vezes que não. Ontem, infelizmente, foi uma dessas noites que não rolou. Atolado de trabalho e sem hora para sair, olhei para o relógio do computador às 21:30h e automaticamente comecei um outro ritual – o da redenção. Primeiro fico puto por não conseguir ir, depois vou me conformando e, por fim, coloco na rádio online e acompanho a partida tenso como quem acompanha em um radinho de pilhas.

E ontem a coisa estava feia na firma… trabalho que não acabava. Por isso, a cada variação de voz do locutor, o trabalho era interrompido. E depois voltava, nunca desacompanhado de algumas palavras ou palavrões.

Foi assim quando saiu o pênalti para o Icasa. E foi ainda mais quando Prass defendeu e recolocou a gente no jogo. Quando o pênalti inverteu de lado e Vinicius fez o dele, então, comemorei o gol e a sensível melhora do meu desempenho frente ao computador.

O trabalho continuou e o jogo também. Ambos tensos, pegados, cheios de rusgas. Cada carrinho na cancha municipal era um carrinho cá com os meus arquivos. Não era possível que estávamos correndo riscos assim, em casa! E era menos possível ainda que eu não estivesse lá na arquibancada.

Mas, quando o fone soou alto o primeiro tento de Alan Kardec, o segundo nosso, tudo mudou. Que alívio, cazzo! Ouvir Wesley e nosso artilheiro espírita marcarem o terceiro e quarto gols, então, valeu a noite.

Pode parecer exagero para quem não sabe o que é gostar tanto de futebol. E certamente pode parecer loucura para quem não ama o Palmeiras. Mas, ontem, quando o Palmeiras meteu 4 a 0 no Icasa, pela 11ª rodada da Série B, ele fez mais muito mais do que somar três pontos: ele salvou a minha noite.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Chegou a hora da verdade, Palestrinos.

Após modorrentas semanas de Campeonato Paulista, repletas de empates, tropeços, (muitos) erros e (alguns) acertos, chegamos às semanas mais decisivas do ano até aqui. Serão seis jogos decisivos, valendo as nostras intenções até o início da Série B.

Pelo Paulistão, três jogos razoavelmente diferentes: um bastante complicado (Ponte Preta fora) e dois em que a vitória é obrigatória (Guarani em casa e Ituano fora). Pelos meus cálculos, seis pontos nos garantem na fase final do Paulistinha. Já pela Libertadores, outros três jogos bem complicados (Tigre e Libertad em casa, Sporting Cristal fora).

O de amanhã, contra o Tigre, nem é passível de dúvida; precisamos vencer de qualquer maneira. Um empate que seja já irá nos deixar em posição desconfortável, enquanto que a vitória nos manterá um ponto a frente dos peruanos (até aqui, segundo colocados com um jogo a mais). O Libertad, ainda que em casa, deve ser um jogo complicado. No entanto, este resultado irá delimitar como chegaremos na última rodada. Uma vitória sobre os paraguaios nos deixa na liderança; um empate nos faz torcer pelo Tigre; já uma derrota nos faria torcer desesperadamente pelos argentinos para não termos que jogar pela vida lá no Peru.

Enfim, nostro elenco é o mesmo do início do ano, os desfalques por contusão e suspensão parecem crescer a cada semana, jogadores-chave nos desfalcam na Liberta, mas é preciso ter fé. Um time medíocre como o nostro tende a oscilar muito dentro das partidas e entre elas, logo nunca sabemos o que esperar – se bons ou maus momentos.

De qualquer forma, a nostra obrigação é agir da única maneira que podemos: indo para a arquibancada e apoiando 90 minutos sem parar. Pouco importa de seremos 5, 10 ou 30 mil; vamos cantar pelo Palmeiras e para o Palmeiras. Chegou a hora de ganhar no grito.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

pierre_elenco2

Terça-feira, em italiano, é Martedì. E hoje, palestrinos, hoje a terça-feira é toda do Verdão!

Mais uma vez o segundo dia útil da semana vai ser decisivo para nós. Mais uma vez o cenário será a Ilha do Retiro. E mais uma vez sairemos de lá com um triunfo.

Quem viu aquela vitória por 2 a 0 sabe: a Sociedade Esportiva Palmeiras não treme.

Além do mais, não acredito que o Palmeiras vá ficar recuado, esperando o Sport pressionar. Creio que vamos aguentar aquela pressão dos 15 minutos iniciais e, a partir daí, começar os contra-golpes. Lembrem-se: quanto mais o tempo passa, mais cresce o desespero deles e mais acaba a paciência da torcida.

A vantagem é toda nossa!

Não bastasse tudo isso, tem o fator “gol fora de casa”. Se fizermos um, só podemos ser desclassificados tomando três. Convenhamos: com a defesa invicta na Libertadores faz 3 jogos e com Marcão no gol, vocês apostariam nisso?

Eu aposto, sim, é em São Marcos, Wendel, Maurício Ramos, Danilo, Marcão, Armero, Pierre, Diego Souza, Cleiton Xavier, Willians, Keirrison, Souza, Mozart, Ortigoza, Luxemburgo…

Eu aposto no Palestra. É hoje!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

pierre-guerreiro

A imprensa vem questionando muito os últimos treinos do Palmeiras. Mas fique tranquilo, não é nada demais. Isso ocorre porque, diante de sucessivas semanas decisivas, Luxemburgo tem adotado uma prática incomum dentro do Verdão: fazer treinamentos com portões fechados.

A primeira hora de treinamento é feita sem câmeras e depois o clube libera a entrada de repórteres e cinegrafistas. Na verdade, não há nada de errado nisso. Isso é até bastante comum dentro do mundo do futebol. Até porque, palestrinos, chegamos na hora do vale tudo.

Esconder treino, mentir escalação, dar pistas falsas… decisão é decisão!

E é nesse espírito que recebi a notícia de que Pierre não treinou hoje. Oras, não ter treinado não quer dizer que nosso guerreiro está fora, cazzo… ele está em tratamento intensivo!

Além do mais, me lembro muito bem de um Grenal, se não me engano em 1996, onde Felipão levou Arce para o vestiário engessado e, quando todos acharam que aquela direitinha estava fora de combate, Chique apareceu voando em campo.

Decisão é assim. E decisão é com o Palmeiras.

É amanhã!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

palmeiras-libertadores-1999

Lembram de 1999? Claro que lembram.

99, o ano em que conquistamos a América, foi inesquecível. E agora, 10 anos depois, estamos mais uma vez na briga pelo bi. E estamos na briga com uma coincidência bastante interessante.

Naquela Libertadores, enfrentamos o Curintia tanto na 1a quanto na 2a fase. Agora a história se repete e se repete com o Ixpórt. Nas duas próximas terças-feiras iremos jogar por uma vaga nas quartas diante da equipe de Nelsinho Baptista.

Já ganhamos lá no melhor jogo do ano. E também empatamos aqui, em um dos mais fracos.

Seja como for, uma coisa é certa: time nós temos. Se repertirmos a vontade das últimas partidas, atropelaremos as leoas de Recife. Vamos, Verdão!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »