Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘torres’

Sejamos sinceros, Palestrinos.

Está certo que queremos ver grandes jogadores vestindo o nostro manto verde e que reforços de nome cairiam muito bem em um time basicamente voluntarioso, mas não é legal criar ilusões desnecessárias. É claro que ficamos sonhando acordados – e que isso é inevitável -, mas os tais “grandes craques” não vêm.

Esqueçam Valdívia, esqueçam Kléber, nem pensem em Alex Cabeção, menos ainda em Macnelly Torres. Escrevo isso com dor no coração, mas escrevo consciente: simplesmente esqueçam.

Obviamente chegarão mais jogadores, contudo serão jogadores “comuns”. Não confundam com ruins; comuns. O que quer dizer que não chegarão Diegos Souzas, mas chegarão Deyvids Sacconis. E isso tem, sim, o seu valor.

Segundo o próprio Muriçoca: “O elenco ainda vai mudar muito. (…) Queremos um número dez e um nove, mas não serão jogadores mais ou menos”. Ou seja, serão bons jogadores – nem craques, nem zé manés.

 No momento cogita-se a chegada de Douglas, ex-gambás, e parece que o negócio tem chance de sair. Eu, pessoalmente, nunca vi nada demais nele, mas se o rapaz resolver ficar acordado poderá ser importante. Para o ataque, realmente a coisa está complicada (Love – assim como Ortigoza – deve mesmo sair, Robert ainda não conseguiu assinar e de repente teremos que apostar no tal Miguel, centro avante da Copinha), porém vou confiar na diretoria.

Afinal, se não é bom criar ilusões, é ótimo sonhar com um ano melhor.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

reforços

Saiu na imprensa, é fato consumado, então vou comentar: o Palmeiras está atrás de reforços. Foi feita uma proposta salarial para Vágner Love e hoje ventilaram notícias sobre a vinda de Macnelly Torres.

Ambos seriam excelentes reforços. Love para ser o camisa 9 de verdade e Torres para ser aquele meia canhoto que falta no Verdão. Mas logo aviso: o mais provável é que nenhum dos dois venham.

O CSKA quer vender Vágner Love. Emprestar é difícil. Ele é titular absoluto da equipe. O único argumento válido seria o de que jogando aqui, Love pode ir para a Seleção e se valorizar para uma venda pós-Copa em 2010.

Já Torres tem 24 anos, vale US$5 milhões e tem bola para jogar na Europa. Mais uma vez o argumento válido é a visibilidade. Se for agora, provavelmente irá para clubes do segundo escalão e por um valor abaixo do que pode. No Palmeiras, pode figurar melhor. O Colo Colo irá pensar.

Sonhar não custa nada, mas é bom lembrar que o Palmeiras recentemente deu aumento a muitos atletas e o dinheiro está longe de sobrar.

Vamos torcer pela vinda de ambos. Só que está difícil. Com o nostro atual elenco, dá pra ganhar o caneco… Forza, Verdão!

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »

É difícil escrever com tanta euforia, amicos.

É difícil pensar em tática, em quem acertou, quem errou, se o juiz roubou… é difícil porque quem é palestrino escreve – como diz nosso canto dois posts abaixo – com a alma e o coração. Mas vamos tentar…

O jogo, em si, foi todo nosso. Desde a saída de Macnelly Torres os “chinelos” perderam o meio-campo. Incrível como são dependentes do colombiano! E a partir daí, só com bolas no Barrios, ficou fácil marcar.

Grande partida, aliás, da nossa zaga – em especial do Maurício Ramos. E aplausos gigantescos ao menino Souza (ou Ferrugem, ou Souza da Guia, ou Ruivo Hering), que jogou demais.

Com a marcação impecável, atacamos. E só não matamos o jogo porque tem zica em cima do K9… Dio mio! Só pode ser zica. Duas na trave… não é possível.

Na segunda etapa fomos totalmente raçudos. Sem Marcão, expulso infeliz e corretamente, e com as lesões de Pierre e Diego Souza, quem estava em campo foi literalmente um bando de leões (ou porcos com gripe, que seja).

O gol só coroou o melhor time em campo. Só trouxe a vitória pra quem mereceu. E o Cleiton Xavier, que não jogou bem ontem e não arriscava faz tempo, fez um tento mais que merecido. O mais importante da vida dele, com certeza.

Destaque também para o Luxa, que mexeu perfeitamente na equipe. Jogou pra frente, não teve medo e ainda deixou o Capixaba no banco.

Já o juizão careca foi bem caseiro… BEM caseiro.

Mas isso é Libertadores. Isso é Palmeiras.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »