Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘três’

palxgoi_2910

É disso que eu estava falando, Palestrinos!

Uma vitória com “V” maiúsculo, bonita, jogada, na raça e na bola. Uma vitória pra recuperar de vez a moral e a liderança. Uma vitória para sacudir todos os outros e mostrar que sim, o campeonato tem um dono – e já são 18 rodadas. Rumo ao Penta!

O JOGO
Muricy preferiu a cautela. Mandou o time pro campo num 3-5-2 onde Diego, Ortigoza e Obina ficavam mais soltos, enquanto que a proteção era feita por Souza e Edmílson. E o time começou bem. Mas errou tantos cruzamento que o Goiás achava contra ataques perigosos. Mas isso durou só até os 30 minutos.

Dessa vez o destino nos ajudou e Edmílson teve que sair de campo, dando lugar a Sandro Silva. Não que eu torça contra nostro camisa 3, mas ele simplesmente deixava Romerito jogar completamente livre – tal qual Pet jogou. E com mais uma opção pela direita, o time melhorou.

Só não marcou antes do intervalo, porque Obina parou em Harlei e Dieguito parou na trave. Veio então o segundo tempo e, sem exageros, veio um atropelo.

Antes dos 5 minutos, Souza ganhou duas divididas e rolou com carinho para Obina fazer 1 a 0. Sai, zica! E aí percebemos que só precisava entrar uma bola para a fase boa voltar. Aos 29, após pênalti claro em Ortigol, nostro Obinão fez outro. E quem faz dois, faz três…

No lance mais incrível da partida, Obina deu um passe magistral de calcanhar para Deyvid e o garoto não perdoou: 3 a 0, festa no chiqueiro!

E olha que ainda deu tempo do matador de gambás meter seu 3º no jogo, recebendo outro passe açucarado e batendo no cantinho. Verdão 4 a 0, com chuva e garra, pra lavar a alma.

O MELHOR
Três gols e uma assistência de fazer Ademir da Guia sorrir nas tribunas: Obinão foi o cara ontem. (e destaque-se também Souza, Diego e Danilo.)

O PIOR
Edmílson. Jogou apenas meia hora, mas repetiu as atuações fracas dos últimos jogos. Marcão e Maurício também assustaram, mas ontem era tudo nosso.

IMPRENSA
Já que fui mal compreendido por um palestrino, explico de novo: eu, particularmente, não acho que a imprensa tenha culpa de algo. Ela vive disso: quando ganha, exalta; quando perde é crise. Mas o time estava engasgado. E foi sim uma resposta a la Maradona. “Que le chupem!”.

MASSA
Mais um show das arquibancadas. Mais uma vez gritando sem parar. Eu estava lá novamente e posso dizer com propriedade. Não a toa o time todo aplaudiu a torcida ao final do jogo.

É DOMINGÃO ENTÃO?
O aquecimento foi bom. Que venha a gambazada domingo, às 16h, em Presidente Prudente. Vai ser sensacional.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Anúncios

Read Full Post »

Acarajé-trick

obinão

Ontem, Obina fez mais do que três gols.
Ontem, Obina fez mais do que ganhar o clássico.
Ontem, Obina entrou na seleção de artilheiros verdes.

Se tornou o 11º jogador da história do Dérbi a marcar 3 ou mais gols pelo Verdão. Se juntou a alguns craques – como Alex, Evair e César Maluco – e também a alguns fazedores de gols mais caneleiros – como o saudoso Magrão.

Romeu Pelliciari, no Paulista de 1933, fez 4. E o jogo foi 8×0.

Evair, na finalíssima segunda fase do Brasileirão de 1994, fez 3. E foi 4×1.

Mas ontem… ontem foi dia de Obina. 11 vezes Obina. 5 bolas colocadas na rede, mas apenas 3 delas validadas.

Os ingleses dizem que, quando faz 3 gols na mesma partida, o jogador faz um hat-trick. Pois bem, Obina se consagrou com um acarajé-trick. E já está na nossa história.

Siamo Palestra!

ROJAS.

Read Full Post »